header top bar

section content

PF apreendeu documentos e computador na casa do promotor Carlos Guilherme

O promotor é acusado de ter baleado, a tiros de pistola tipo 40, o profissional liberal Patrício da Silva, de 29 ano, irmão da sua namorada, de pré-nome Fernanda, de 18 anos.

Por

07/07/2009 às 22h43

A Polícia Federal (PF), cumprindo mandado de busca e apreensão, apreendeu na última segunda-feira (06) na casa do Promotor de Justiça Carlos Guilherme Santos Machado, em Cajazeiras no Alto Sertão, documentos e um noteboock.

O promotor é acusado de ter baleado, a tiros de pistola tipo 40, o profissional liberal Patrício da Silva, de 29 ano, irmão da sua namorada, de pré-nome Fernanda, de 18 anos.

Carlos GUilherme ainda está sendo investigado por envolvimento com menores, segundo as informações de autoridades policiais.

O material apreendido na casa do promotor foi encaminhado a João Pessoa para análise.

Da Redação do Diário do Sertão
Com informações de Olivan Pereira

Tags:

Recomendado para você pelo google

DONO DA CONSULTRAN

VÍDEO: Especialista em trânsito elogia Zona Azul de Cajazeiras, mas cobra ensino de trânsito nas escolas

QUER MAIS SEGURANÇA

VÍDEO: Cantor da região de Cajazeiras diz que consumo de drogas nas festas dificulta fechar contrato

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Em Cajazeiras, médica explica o que é ‘prato colorido’ para quem quer perder peso com saúde

BOMBA

VÍDEO: Jornalista cajazeirense mira nos ‘Bocas Loucas’ da política paraibana