header top bar

section content

Após mais de um ano, FAB apresenta causas do acidente que matou Eduardo Campos

O relatório com o resultado das investigações realizadas nos últimos 17 meses pelo Cenipa

Por

20/01/2016 às 06h48

Piloto influiu no acidente que matou Eduardo

O cansaço de Marcos Martins, piloto do avião que caiu em Santos (SP), em 13 de agosto de 2014, matando o então candidato do PSB e ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e outras seis pessoas, foi um dos fatores contribuintes para o desastre, que teve uma sequência de falhas humanas, conforme antecipou o jornal "O Estado de S. Paulo".

O relatório com o resultado das investigações realizadas nos últimos 17 meses pelo Cenipa – Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos será apresentado nesta terça-feira, às 13h aos familiares de todos que estavam no voo e, em seguida, às 15h30, para a imprensa.

Além do uso de "atalho" para acelerar o procedimento de descida na Base Aérea de Santos, outro problema detectado durante os trabalhos foi a falta de treinamento do piloto, específico para aquela aeronave, um Cessna 560 XL, que levou à Aeronáutica, inclusive, a emitir uma recomendação de segurança à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), três meses depois do acidente.

Fonte Uol

Tags:

Recomendado para você pelo google

SAÚDE PÚBLICA

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe especialista em saúde pública e fala de práticas integrativas do SUS

DESCONTRAÇÃO

VÍDEO: Sucesso na internet, Gleyfy Brauly e MC Nem animam o programa Xeque Mate dessa semana

ENTREVISTA EXCLUSIVA

VÍDEO: Ricardo diz que sabia de ‘inimigos’ no governo, diz que PSB estava acomodado e alerta Azevêdo

CRIMINALIDADE

VÍDEO EXCLUSIVO: Homem é brutalmente assassinato em Cajazeiras; esposa conta detalhes do homicídio