header top bar

section content

Após ereção de 48 horas, jovem deve passar por amputação do órgão sexual

Depois de perceber que havia algo de errado, o jovem foi socorrido ao hospital – quem o levou até a emergência foi sua mãe.

Por

08/08/2015 às 09h48

Ereção prologada foi devido ao uso de um remédio

A ideia até que parecia boa: um jovem de 23 anos, animado com a possibilidade de quebrar o próprio recorde de quantas vezes conseguiria ter relações sexuais com a namorada em uma praia, tomou alguns comprimidos de Viagra, e acabou com uma ereção que durou 48 horas.

O desfecho da história, no entanto, foi bem pior do que se imaginava. O órgão sexual do rapaz acabou “bloqueado”, com danos internos que atingiram até sua uretra, e agora ele talvez precise amputá-lo.

O homem, que não teve seu nome divulgado, é da Itália. O problema aconteceu na cidade de Salerno, na região sul do País.

Depois de perceber que havia algo de errado, o jovem foi socorrido ao hospital – quem o levou até a emergência foi sua mãe.

Stefano Pecoraro, cirurgião, operou o rapaz, e disse que ainda é cedo para saber se a equipe médica conseguiu ou não salvar o órgão do paciente.

R7

Tags:
ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo