header top bar

section content

Crianças se pintam de preto em escola, e intituição é acusada de racismo

Instituição alegou em postagem que objetivo era alunos vivenciassem "ter a cor negra"

Por

26/06/2015 às 07h40

Segundo a instituição, publicação foi excluída para preservar os alunos (Reprodução/Facebook)

Uma escola infantil localizada no bairro São Bento, na região centro-sul de Belo Horizonte, foi alvo de polêmica nas redes sociais após pintar crianças de dois e três anos de preto em uma atividade para que os alunos "vivenciassem ter a cor negra". Vários internautas protestaram contra a atitude, considerada racista, por meio de comentários feitos na foto publicada pelo Play Centro de Desenvolvimento Infantil.

A imagem das crianças foi acompanhada pelo seguinte texto: "“Quem já mudou de cor? Essa semana a criançada experimentou ter uma cor diferente. Com tinta apropriada, pintamos nossos corpinhos e passamos a tarde vivenciando ter a cor negra. Foi um experimento estético muito interessante para a meninada. Eles se olharam no espelho, observaram uns aos outros e apreciaram o resultado”. Depois das críticas, no entanto, a instituição decidiu excluir a postagem.

R7

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Em reencontro com ex-governador Ricardo Coutinho, ex-presidente Lula relembra visita a cidade de Sousa

GRANDE SÓ DEUS

VÍDEO: No Sertão, padre é aplaudido após mandar recado duro a Lula e Bolsonaro: “Baixem a patente”

CRUELDADE SEM TAMANHO

VÍDEO: Criminoso? Incêndio destrói 200 pés de coco em Sousa: “Deus vai julgar”, diz comerciante

VÍDEO

Presidente da Rede confirma nome para disputar prefeitura de Marizópolis: “é nossa prioridade”