header top bar

section content

Assembleia Legislativa aprova leis de alcance social

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou leis que têm beneficiado a população paraibana devido ao seu alcance social.

Por

23/06/2014 às 10h27

Assembleia da Paraíba aprova vários projetos

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou leis que têm beneficiado a população paraibana devido ao seu alcance social.

Entre os projetos de leis  aprovados no Poder Legislativo e que foram promulgados ou sancionados, estão alguns direcionados ao melhor atendimento ao cidadão pela rede pública de saúde.

Um exemplo é a lei 10.299/2014, de autoria da deputada Daniella Ribeiro (PP), que determina o fornecimento de declaração por escrito, ao usuário do Sistema Único de Saúde (SUS), quando não tiver medicamento à disposição nas unidades de saúde do Estado.

Outra lei é a 10.270/2014, da deputada Iraê Lucena (PSDB), que dá o direito a gestante ao conhecimento e à vinculação a maternidade onde receberá assistência no âmbito do serviço público estadual.

Segundo o presidente da ALPB, deputado Ricardo Marcelo (PEN), as leis consistem para ordenar a convivência em sociedade, além de garantir assistência para todos. "A Assembleia tem se esforçado para cumprir o seu dever, e por isso temos votado e aprovado matérias importantes e de grande alcance social para melhorar a vida do nosso povo", ressaltou o parlamentar.

Outro exemplo de benefício dirigido ao cidadão é a lei 1.745/2014, que visa a melhoria na mobilidade urbana, de autoria do deputado Ivaldo Moraes (PMDB). A proposta objetiva torna obrigatória a instalação de placas em braille com a relação das linhas de ônibus e seus itinerários nos terminais rodoviários urbanos e interurbanos do Estado.

Também foi sancionada a lei 10.304/2014, do deputado Vital Costa (PP), que dispõe sobre procedimentos quanto ao desrespeito aos idosos, gestantes e pessoas com necessidades especiais no interior de veículos de transporte coletivo.

Direito do consumidor 
Lei 10.263/2014, do deputado Vituriano de Abreu (PSC), obriga empresas operadoras de telefonia fixa e móvel a disponibilizarem no site da empresa, aos seus usuários da modalidade pré-pago, a fatura mensal detalhada referente às chamadas realizadas, mensagens SMS enviadas e acessos à internet.

A lei 10.267/2014, do deputado Frei Anastácio (PT), institui regime de plantão para recebimento de parcela pecuniária por pagamento de infração de trânsito.

"Essas e outras leis aprovadas na Assembleia Legislativa têm contribuído para que os paraibanos sejam cada vez mais respeitados perante os seus direitos", explicou o presidente Ricardo Marcelo.

Da secom

Tags:

Recomendado para você pelo google

RELAÇÃO COM EMPRESÁRIOS

VÍDEO: Prefeito de Cajazeiras não descarta fazer uma reforma tributária e manda recado para ‘algozes’

SERVIÇO MILITAR

VÍDEO: Quase 100 novos atiradores são incorporados ao Tiro de Guerra de Cajazeiras durante solenidade

TRIMESTRE CHUVOSO

VÍDEO: Açude Grande de Cajazeiras sangra pela primeira vez em 2019 e traz esperança para a população

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras