header top bar

section content

Caminhoneiros ampliam número de bloqueios nas rodovias do CE no 4º dia seguido de protestos

Sete trechos de rodovias amanheceram bloqueados nesta quinta-feira.

Por Luzia de Sousa

24/05/2018 às 08h50

Protestos nas rodovias do Ceará

Motoristas de caminhão ampliaram os bloqueios nas rodovias federais do Ceará nesta quinta-feira (24), quarto dia seguido de protestos contra o aumento do preço do combustível. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), sete trechos estão fechados no estado, até as 7h40.

Caminhoneiros autônomos protestam desde segunda-feira (21) no Ceará e em outros estados do país. Os profissionais reclamam do aumento no preço do diesel e também reivindicam um reajuste nos valores recebidos pelos fretes.

Na Região do Cariri, a greve dos caminhoneiros afetou o fornecimento de combustível para as aeronaves. De acordo com a Infraero, o Aeroporto de Juazeiro do Norte só tem combustível para os próximos três dias.

As manifestações também prejudicaram o fornecimento de serviços como o dos Correios e no atraso na entrega de hortifrutigranjeiros na Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa), em Maracanaú, Grande Fortaleza. O transporte público não foi afetado pelos protestos, conforme o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus).

Nesta manhã, a PRF confirmou bloqueios em sete cidades do Ceará:

BR-116, km 18, Eusébio. Caminhões ocupam os dois senditos da via;
BR-116, km 70, Chorozinho. 850 caminhões ocupam 7 km do acostamento;
BR 116, Km 545, Penaforte. 200 caminhões ocupam ambos os sentidos da rodovia;
BR 222, km 334, Tianguá. Cerca de 100 caminhoneiros fecharam a rodovia;
BR 116, km 250, Alto Santo. Uma fila de caminhões se formou nos dois sentidos;
BR 116, KM 168, Russas. Caminhoneiros fecham a via desde as 17h30 de quarta-feira (23);
BR 116, km 215, Tabuleiro do Norte. Caminhoneiros fecharam um dos sentidos da via.

Em todos os bloqueios, os caminhoneiros autônomos impedem o fluxo de veículos de grande porte e de cargas, como caminhoneiros e carretas. Longos engarrafamentos se formaram nos trechos bloqueados, conforme a PRF.

G1

Recomendado para você pelo google

PROTESTO

VÍDEO: populares vão às ruas para protestar contra a reforma da Previdência na cidade de Patos

VEJA VÍDEO

Padre de Cajazeiras revela curiosidades sobre o santo casamenteiro: “Faz milagre a pessoa encalhada”

SAÚDE

Dieta milagrosa? Médico diz que a compulsão e afetividade pela comida são perigosas para o emagrecimento

VÍDEO

Mototaxista reclama de multa cobrada na Zona Azul da cidade de Cajazeiras; “Está errado”