header top bar

section content

Mobilização de caminhoneiros entra no 8º dia com serviços afetados

Ainda continuam as filas nos postos de combustíveis na Região Metropolitana

Por G1

28/05/2018 às 08h41

Caminhões seguem estacionados às margens da BR-101, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, nesta segunda-feira (28) (Foto: Thiago Augustto/TV Globo)

A segunda-feira (28) começa com aulas suspensas em universidades e na rede de ensino particular e pública de algumas cidades do Grande Recife. Tribunais também suspenderam atividades. Mesmo com o anúncio de que 100% da frota de ônibus circularia nesta segunda, a equipe da TV Globo registrou reclamações sobre a demora dos coletivos.

Ainda continuam as filas nos postos de combustíveis na Região Metropolitana. Em alguns pontos, havia motoristas aguardando desde o sábado (26) para conseguir combustível. Segundo o Governo de Pernambuco, cerca de 2 milhões de litros de combustível deixaram o Porto de Suape no final de semana.

Mesmo após o anúncio do governo de que atendeu todas as reivindicações dos caminhoneiros, a categoria com veículos estacionados e ocupando as margens da BR-101, no Grande Recife, marcando o oitavo dia de mobilização dos caminhoneiros contra o preço do diesel.

Os caminhões ocupam uma das faixas da BR-101 no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, próximo à fábrica da Vitarella, mas não impedem a passagem de ônibus e carros de passeio. Até as 7h, a Polícia Rodoviária Federal não havia atualizado os pontos de bloqueio parcial nas rodovias do estado.

Transporte público
Após um domingo com frota reduzida à metade, o Grande Recife Consórcio de Transporte informou que os passageiros contariam com 100% dos ônibus nesta segunda. No entanto, a equipe da TV Globo registrou reclamações sobre a demora dos coletivos nos bairros de Água Fria e Barro, nas zonas Norte e Oeste da capital, por volta das 6h.

Uma das pessoas entrevistadas disse que estava esperando há 30 minutos um dos três ônibus que seguem em direção ao Centro do Recife, quando o normal uma espera de 15 a 20 minutos. Além da demora, a mulher disse que os motoristas informaram que a ordem é não seguir a roteiro até a Prefeitura.

Os relatos da população é de que há mais ônibus nas ruas do que na sexta-feira (25), mas ainda há menos do que o habitual. Procurado, o consórcio garantiu que 100% da frota está em operação. Informou também que está com fiscais nas ruas para monitorar a situação.

Postos reabastecidos
O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Pernambuco (Sindicombustíveis-PE) informou que, apenas na madrugada desta segunda, saíram 22 caminhões do Porto de Suape com cerca de 1,8 milhão de litros de combustível para vários postos do Recife e Região Metropolitana.

O Sindicombustíveis-PE não faz balanço sobre postos em funcionamento, mas disse que há postos com gasolina nas avenidas Caxangá, Abdias de Carvalho, Rui Barbosa e também nos bairros de Casa Forte, Afogados, Beberibe e Guabiraba, no Recife, e Prazeres, em Jaboatão.

A equipe da TV Globo registrou fila em um posto na entrada do bairro de Jardim Atlântico, em Olinda, onde alguns motoristas chegaram a dormir na fila para garantir o abastecimento.

No fim de semana, o preço médio encontrado nas bombas foi de R$ 4,99 o litro da gasolina e R$ 3,39 o litro do etanol. No total, há 1.550 postos no estado, sendo 400 no Grande Recife.

Aeroporto
Após dois dias sem combustível, o Aeroporto do Recife saiu da lista da Infraero de terminais aéreos desabastecidos no país, no domingo (27). Mesmo assim, nesta segunda, há 16 voos cancelados, entre oito chegadas e oito partidas, no site da Infraero.

A Infraero informou que o Aeroporto do Recife está em fase de abastecimento de combustível e continua orientando os passageiros a procurarem as empresas áreas aéreas para obter informações sobre os voos.

Alimentos
O Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa/PE) informou, nesta segunda, que não registra falta alimentos. No entanto, feirantes ainda reclamam dos transtornos causados pela paralisação.

Dos 540 caminhões previstos para abastecer o centro logístico, nesta segunda, chegaram 185 até as 6h30. Foram carretas com mamão, melão, beterraba e coco.

Dos 30 caminhões que geralmente chegam no começo da semana carregados com batata, apenas três chegaram até as 6h. Também chegaram menos caminhões com laranja: apenas dois, quando o normal é 30.

Produtos da região como coentro, alface e cebolinha estão com o abastecimento normal. A banana também tem chegado de cidades pernambucanas. Foram 12 caminhões nesta segunda, quando seria o dobro se o produto de fora do estado tivesse chegado.

Os comerciantes também notaram que menos clientes estão se dirigindo ao Ceasa e alimentos perecíveis, como frutas, estão apodrecendo.

Educação
As aulas e o expediente administrativo, suspensos desde quarta (23), continuam cancelados nos três campi da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), nos 15 campi da Universidade de Pernambuco (UPE) e também na Universidade Federal de Pernambuco (UFRPE). Os hospitais ligados às instituições de ensino mantêm o funcionamento normal.

A Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), a Universidade Maurício de Nassau (Uninassau), a Universo e a Faculdade de Olinda (Focca) também suspenderam as aulas. O Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) suspendeu as aulas nos seus 16 campi nessa data para “minimizar os transtornos para servidores e estudantes” causados pelo desabastecimento de combustível.

As aulas da rede estadual de ensino de Pernambuco estão mantidas na segunda (28), de acordo com o governo do estado. A Prefeitura do Recife também mantém o funcionamento normal das unidades de ensino administradas pelo município.

Nas escolas da rede municipal de Olinda e de Jaboatão dos Guararapes, ambas no Grande Recife, as aulas estão suspensas nesta segunda (28). Essas duas cidades do Grande Recife decretaram situação de emergência e reduziram serviços, como a coleta de lixo.

Os vereadores da capital pernambucana tiveram suspenso o expediente na Câmara Municipal do Recife na segunda (28). Os eventos marcados e as reuniões programadas para esse dia serão realizados em novas datas.

TCE
O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) suspendeu o expediente de segunda (28) em função dos transtornos causados pela greve dos caminhoneiros. Segundo o Tribunal de Contas, os prazos processuais continuam prorrogados até que o expediente volte definitivamente à normalidade.

TRT
O expediente no Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-6) nesta segunda (28) também está suspenso.

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) suspendeu expediente e os prazos judiciais e administrativos desta segunda (28) até quarta (30). Por meio de nota, o órgão informa que a suspensão é devido à “dificuldade de locomoção de magistrados e servidores, das partes e dos advogados” por conta do “movimento paredista da categoria de caminhoneiros em todo o Brasil”.

Durante esse período, o atendimento à população ocorre em regime de plantão, das 13h às 17h, em 15 polos no estado: Recife, Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho, Olinda, Nazaré da Mata, Limoeiro, Vitória de Santo Antão, Palmares, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Afogados da Ingazeira, Serra Talhada, Ouricuri e Petrolina.

“Demandas cíveis e criminais urgentes – como habeas corpus, comunicação de flagrante, mandados de segurança e medidas cautelares – serão atendidas”, traz o texto do TJPE.

MPT
O Ministério Público do Trabalho (MPT) também suspendeu o expediente nesse dia. Segundo o órgão, os estagiários e servidores estão dispensados de suas atividades, exceto os que estão em teletrabalho.

A Procuradoria Geral da Justiça funciona com regime de plantão ministerial nessa data, com expediente das 13h às 17h. Segundo o órgão, a medida visa garantir a prestação de serviços e evitar prejuízo ao interesse da sociedade.

TRE
O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) prorrogou a suspensão do expediente da Justiça Eleitoral até quarta-feira (30) em todo o estado. A portaria assinada neste domingo (27) pelo presidente do órgão desembargador Luiz Carlos de Barros Figueirêdo, “pode ser revogada a qualquer momento, em havendo o retorno à normalidade”, segundo o órgão.

Panelaço
O presidente da república, Michel Temer, anunciou na noite de domingo (27), uma série de medidas para tentar encerrar greve dos caminhoneiros. Entre as medidas, uma queda de R$ 0,46 no preço do diesel. Essa redução deve durar 60 dias e custar aos cofres públicos cerca de R$ 10 bilhões.

As decisões foram publicadas em uma edição extra do diário oficial. O anúncio foi bem recebido por representantes dos grevistas que não tinham ficado satisfeitos com o acordo fechado semana passada.

Durante o pronunciamento do presidente, houve panelaços em diversas regiões do país. No recife, teve panelaço no bairro de boa viagem, na Zona Sul. O barulho foi registrado por pessoas que estravam na rua ou em prédios vizinhos.

Fonte: https://g1.globo.com/pe/pernambuco/noticia/mobilizacao-de-caminhoneiros-entra-no-8-dia-no-grande-recife.ghtml

BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça