header top bar

section content

Mulher acusada de atropelar e matar filha de atriz é encontrada morta

A polícia suspeita de suicídio.

Por Metrópoles

12/11/2018 às 08h03

Em março, Dorothy Bruns causou um acidente de carro

Dorothy Bruns, 44 anos, foi encontrada morta na segunda-feira (5/11) em Nova York, onde morava sozinha. A polícia, que aponta um provável suicídio, respondeu a uma ligação de emergência sobre uma mulher inconsciente. Ao chegar no local, a perícia avaliou que o corpo de Dorothy não apresentava sinais ou machucados.

Ao lado do cadáver, a polícia, em entrevista à revista People, encontrou um bilhete no qual dizia que Dorothy não tinha mais vontade de viver. Segundo a autópsia, ela sofreu uma overdose, mas a causa da morte ainda não foi identificada.

A americana morreu oito meses após se envolver em um acidente de carro e atropelar e matar a pequena Abigail, de 4 anos, filha da atriz Ruthie Ann Miles. A tragédia ocorreu no Brooklyn, em março, e mãe e filha sofreram diversos machucados na cabeça e no corpo. Abigail morreu na hora.

Além disso, Ruthie estava grávida, mas perdeu o bebê dois meses depois. Uma amiga dela também estava no local com o filho de um ano, que também morreu. Conforme a CBS News, Dorothy teve uma convulsão enquanto dirigia. A mulher, no entanto, já tinha um histórico de convulsões e foi instruída por médicos a não conduzir um volante.

Fonte: Metrópoles - https://www.metropoles.com/mundo/mulher-acusada-de-atropelar-e-matar-filha-de-atriz-e-encontrada-morta

Recomendado para você pelo google

É GRAVE

VÍDEO! Moradores reclamam da falta de exames no laboratório municipal em Patos: “Não tem nem de sangue”

'QUEDA DE BRAÇO'

VÍDEO: Vice-presidente da OAB Nacional afirma que disputa entre advogados e juízes não gera ‘fissuras’

OUTUBRO ROSA

VÍDEO: Cajazeirense relata sua luta contra o câncer de mama e deixa mensagem de otimismo para mulheres

CRÍTICAS A BOLSONARO

VÍDEO: Professora cita problemas na UFCG e alerta para ‘desmonte criminoso das universidades públicas’