header top bar

section content

Multidão acompanha sepultamento de ex-prefeito morto por engano pelo pai e causa comoção na cidade

Pai da vítima foi liberado para ir ao velório após se apresentar à polícia.

Por Portal Diário com G1PB

15/11/2018 às 09h55 • atualizado em 15/11/2018 às 09h57

População de Baraúna lotou ginásio para se despedir do ex-prefeito (Foto: Carlos Oliveira)

O corpo do ex-prefeito de Baraúna, morto por engano pelo pai, foi enterrado na tarde desta quarta-feira (14) no cemitério municipal da cidade. O acidente aconteceu após Adilson Azevedo confundir o filho, Alyson Azevedo, com um assaltante.

Antes do sepultamento, a população do local lotou o ginásio de esportes Joselito de Oliveira para oferecer as últimas homenagens para a vítima. Alyson foi eleito prefeito da cidade de Baraúna em 2008. A cidade possui 4.831 habitantes.

Durante o sepultamento, o pai de Alyson, o também ex-prefeito de Baraúna, Adilson Azevêdo, fez um discurso emocionado e pediu perdão ao filho. “Queria dizer a vocês o que era esse homem para mim. Era Deus no céu e ele na terra. Nós tínhamos uma amizade profunda e ninguém tirava nossa amizade. Meu filho me perdoe, eu não tive culpa”, afirmou.

+ Ex-prefeito de cidade da Paraíba é morto pelo pai após ser confundido com assaltante ao entrar em casa

De acordo com a Polícia Civil, depois de ser chamado por vizinhos porque uma fumaça estava saindo da casa dele e ninguém conseguia acordá-lo, Alyson correu até a casa do pai e tentou arrombar a porta.

População de Baraúna lotou ginásio para se despedir do ex-prefeito (Foto: Carlos Oliveira)

O pai, que também já foi prefeito de Baraúna, atirou de dentro da casa contra o filho achando que se tratava de um assalto. Alyson Azevedo foi baleado no peito, chegou a ser levado para o Hospital de Picuí, mas não resistiu e morreu.

Em depoimento, Adilson confessou que não tinha porte e nem registro da arma que usou no crime, segundo informou o delegado Jorge Luis, responsável pelo caso.

Durante o depoimento, Adilson entregou a arma com que atirou no filho, um revólver calibre 38. Segundo o delegado Jorge Luis, o ex-prefeito não foi autuado e vai responder pelo crime em liberdade, já que se apresentou à polícia. Ele foi liberado para comparecer ao velório do filho.

Fonte: Portal Diário com G1PB - https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2018/11/14/corpo-de-ex-prefeito-morto-por-engano-pelo-pai-e-enterrado-em-barauna-pb.ghtml

VÍDEO

Músico dá show no Acústico Diário e anuncia novo CD de trabalho; ele contou sobre o início da carreira

57 ANOS

VÍDEO: Prefeito prepara obras para serem entregues no dia da cidade em Santa Helena e convida população

MAIS UMA ESPECIALIDADE

VÍDEO: Clínica de Cajazeiras conta agora com médico especialista em doenças do intestino, reto e ânus

EPISÓDIO 14

VÍDEO: Coisas de Cajazeiras mostra trajetória do ex-prefeito Chico Rolim e fala de segurança no trabalho