header top bar

section content

Medidores da Energisa seriam adulterados em até 40% para favorecer empresa na Paraíba, afirma deputado

Segundo Felipe Leitão, em outros Estados brasileiros, também houve registro de adulteração de medidores residenciais e a pronta comprovação da denúncia

Por José Dias Neto

29/08/2020 às 10h18 • atualizado em 29/08/2020 às 10h31

Medidor elétrico estaria adulterado. Foto: Reprodução da internet

O deputado estadual e vice-presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Felipe Leitão (Avante), disse nesta sexta-feira (28), que existem denúncias contra a Energisa Paraíba – Distribuidora de Energia S.A., que envolvem uma suposta adulteração de medidores residenciais em até 40% pra favorecer a empresa no Estado.

Leitão encaminhou à ALPB o pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar suposto mau uso da concessão de serviço público de distribuição de energia elétrica pela Energisa na Paraíba.

VEJA MAIS:

Energisa Paraíba é condenada pela justiça por falta de energia e terá que indenizar comerciante de Patos

No documento, o parlamentar afirma que existem muitas denúncias envolvendo a empresa.

“A CPI vai ser um palco propício para que a gente possa mostrar todas as denúncias, todos os depoimentos, toda a vasta documentação que nós temos para o povo paraibano”, disse Felipe Leitão.

Felipe Leitão é deputado estadual na Paraíba. Foto: TV Diário do Sertão

Segundo o parlamentar, em outros Estados brasileiros, também houve registro de adulteração de medidores residenciais e a pronta comprovação da denúncia por parte de técnicos do Instituto de Pesos e Medidas.

Em áudio divulgado pelo Paraíba Rádio Blog, o deputado confirmou que estas e outras  denúncias serão examinadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que segue em fase de instalação na ALPB.

OUÇA O ÁUDIO COM AS AFIRMAÇÕES DO PARLAMENTAR PARAIBANO:

A REAÇÃO DA ENERGISA

O Diário do Sertão tentou diversas vezes manter contato com a assessoria da empresa Energisa, porém nossas ligações não foram atendidas, nem as nossas mensagens respondidas. Deixamos o espaço aberto, caso a empresa queira se pronunciar.

PORTAL DIÁRIO

DESABAFO

VÍDEO: Bispo critica auxílios para políticos e faz alerta sobre eleições: “Já sabemos quem não presta”

"NÃO VÃO NOS CALAR"

VÍDEO: Em ato público, coletivo de mulheres cobra justiça no caso Pâmella Bessa em Poço de José de Moura

SETEMBRO AMARELO

VÍDEO: Sociólogo diz que 9 em cada 10 suicídios podem ser evitados com ajuda profissional ou conversa

QUEBROU O SILÊNCIO

VÍDEO: Conselheiro lança chapa e fala pela primeira vez sobre rompimento com presidenta do COREN-PB

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!