header top bar

section content

Comerciantes de Sousa relatam prejuízo por falta de água e falam sobre a insegurança: “Só Deus”

Eles falaram do problema da falta d'água, mas falaram também sobre a falta de segurança na cidade sorriso da Paraíba. Confira!

Por

17/11/2015 às 17h00

Racionamento, restrição hídrica e rodízio. São muitos os nomes que se pode dar para o desabastecimento em razão da crise hídrica no município de Sousa, no Sertão da Paraíba. Mas a realidade, cada vez mais frequente na vida do sousense é uma só: está faltando água nas torneiras.

Além da crise com a falta d'água, a população também convive diariamente com a insegurança. Vários estabelecimentos comerciais foram alvos dos criminosos na cidade de Sousa.

A reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão foi até o centro da cidade de Sousa e entrevistou comerciantes para saber quais consequências estão enfrentando por conta da falta de água e também a sensação de insegurança devido o aumento do número de roubo nos últimos dias.

A comerciante Mauricélia Sarmento, afirmou que a falta de água causou a diminuição do número de clientes. Já sobre a segurança, ela disse que trabalha com medo, temendo a qualquer momento ser assaltada. "Quando chega um cliente, fico logo de olho, não é julgar, mas devido a vários assaltos, temos que ficar vigilantes", disse ela.

Já o comerciante José Paulino, disse que o comércio de Sousa está quebrado e se em 2016 não chover, poucas pessoas vão ficar na cidade, pois a maioria irá embora. Em relação a segurança, ele revelou que só não é assaltado quem tiver sorte.

A reportagem também entrevistou o representante comercial Antônio José e o comerciante Francisco Pamplona. Eles falaram do problema da falta d'água, mas afirmaram também que é preciso o quanto antes trazer de volta a sensação de segurança para a população.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
QUARTO EPISÓDIO

Em homenagem ao Dia das Crianças, programa Coisas de Cajazeiras entrevistou uma turma esperta e antenada

EMOÇÃO E REVOLTA

VÍDEO: Após um ano e três meses, Victória Albuquerque é sepultada sob lágrimas e protestos em Cajazeiras

CRISE?

VÍDEO: Empresário afirma que tem vagas de emprego em Cajazeiras, mas faltam profissionais capacitados

DIRETO AO PONTO

Eleitos em Cajazeiras devem se comprometer com aeródromo, estrada de Boqueirão e hospital, diz colunista