header top bar

section content

Cavalo e galinhas morrem e homem é atacado por enxame de abelhas italianas, em cidade do Ceará

O homem de 46 anos passou por atendimento médico e foi liberado logo em seguida. Um cavalo e algumas galinhas morreram

Por Luiz Adriano

18/11/2020 às 12h17 • atualizado em 18/11/2020 às 15h44

As abelhas atacaram, e um cavalo e algumas galinhas morreram. (Foto: Ilustrativa)

Um homem foi atacado por um enxame de abelhas italianas na tarde desta terça-feira (17) no Sítio Junco, na zona rural de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri cearense. Um cavalo e algumas galinhas da residência onde ocorreu o ataque, acabaram morrendo.

O homem atingido foi identificado por José Arnon Benjamin do Nascimento de 46 anos. Ele mora na residência onde ocorreu o fato, o mesmo teve que ser socorrido e precisou de atendimento médico, e logo em seguida recebeu alta.

VEJA TAMBÉM

Município do Ceará deve indenizar casal que perdeu filho vítima de ataque de abelhas em praça

Conforme o tenente do Corpo de Bombeiros, Ailton Lima, que atendeu a ocorrência, os agentes foram acionados por volta do meio-dia e quando chegaram ao endereço visualizaram as abelhas dispersas no terreno da propriedade.

Conforme testemunhas, as abelhas estavam em uma mangueira no quintal da residência, perto do cercado onde o cavalo estava. No momento do ataque, o animal não conseguiu sair, e foi atingido por diversas ferroadas e morreu no local. Algumas galinhas da propriedade também foram picadas pelas abelhas e não resistiram aos ferimentos.

De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros Ailton Lima, em matéria do G1/CE, ele reforçou que, em caso de ataque, deve-se acionar os bombeiros. “As pessoas não devem se aproximar das abelhas, precisam ligar para o Corpo de Bombeiros informando a situação e a gente vai ao local verificar e, se for o caso, nós eliminamos o risco, isolamos o local e orientamos as pessoas a buscarem um posto de saúde para se tratar, caso tenham sido atacadas”, disse.

Ele informou que também há algumas outras medidas que podem ser tomadas caso um enxame seja visualizado. “Evitar barulhos, porque atrai as abelhas. Se for à noite, evitar acender luzes e verificar onde está o enxame. Se ver o enxame, evita a área, isola, para que as pessoas não fiquem feridas”, concluiu.

CEARÁ 1

ENCORAJAMENTO

VÍDEO: Palestrante fala dos desafios e de como se motivar em época de pandemia

MISSÃO

VÍDEO: Missionária da comunidade Boa Nova comemora três anos da casa de acolhimento em Cajazeiras

ESPETÁCULO DA NATUREZA

VÍDEO: Por do sol de Monte Horebe chama atenção de internautas e vídeo bomba nas rede sociais

SÃO PAULO

VÍDEO: Jornalista fala sobre as eleições da maior metrópole da América Latina

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!