header top bar

section content

Comissão divulga resultado para Conselho Tutelar da região de Cajazeiras e dá prazo para apresentação de recursos

O edital é referente ao primeiro processo de escolha em data unificada para membros do Conselho Tutelar do município de Poço Dantas

Por

08/10/2015 às 16h15

De acordo com a comissão, compareceu ao pleito um grande número de eleitores

A Comissão Especial Eleitoral, constituída para condução do processo de escolha dos membros do Conselho Tutelar do município de Poço Dantas, na região de Cajazeiras, publicou o edital com o resultado das eleições ocorridas no dia 04 de outubro de 2015.

O edital é referente ao primeiro processo de escolha em data unificada para membros do Conselho Tutelar do município de Poço Dantas, para o quadriênio 2016/2019.

De acordo com a comissão, compareceu ao pleito um grande número de eleitores, sendo no total 2.065 pessoas. Foram contabilizados 1.998 votos válidos, 35 em branco e 32 nulos. Os candidatos eleitos foram os seguintes:

1º EDNA LIMEIRA DA SILVA – 267 votos
2º CAMILA ELPIDIO DE JESUS – 218 votos
3º MARIA JAIARA GUILHERME XAVIER – 211 votos
4º MARIA SILVANA TEODOSIO DE OLIVEIRA – 202 votos
5º VALDEVINO DE QUEIROZ SOUSA – 190 votos 

Clique aqui para ver o resultado (Edital Nº 002/2015)

Fica aberto o prazo de 03 (três) dias úteis, a contar da publicação do presente edital, para que sejam apresentados recursos contra o resultado publicado. A homologação final do resultado da eleição dar-se-á após a análise dos recursos apresentados no prazo legal.


 

DIÁRIO DO SERTÃO com Assessoria

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Secretária de Cajazeiras revela que lixão começou a funcionar irregular na cidade e falou de ação no MPF

JÁ GANHOU NOVE MEDALHAS

VÍDEO: Garotinho campeão de karatê vende trufas em Cajazeiras para participar do Mundial em Fortaleza

COBRANÇA

VÍDEO: Radialista diz que oposição deixa o prefeito de Sousa ‘à vontade para cometer irregularidades’

EVANGÉLICO DE OPOSIÇÃO

VÍDEO: Pastor de Cajazeiras diz que Bolsonaro está destruindo o país e não levou facada: “Foi uma farsa”