header top bar

section content

Sem ‘Sete de Setembro’, guarda da prefeitura hasteia bandeira de Cajazeiras de cabeça para baixo. Confira!

À solenidade, que fora suspensa, teriam comparecido três auxiliares da prefeita e uma doida que passou o tempo todo reclamando que queria ouvir o hino.

Por

14/09/2015 às 17h00

Cajazeiras de cabeça pra baixo
Este ano, pela primeira vez, não houve solenidade de Sete de Setembro no Paço da Prefeitura de Cajazeiras e o guarda hasteou as bandeiras do Brasil, da Paraíba e de Cajazeiras, na noite anterior, com um detalhe: a de Cajazeiras ficou de cabeça pra baixo. À solenidade, que fora suspensa, teriam comparecido três auxiliares da prefeita e uma doida que passou o tempo todo reclamando que queria ouvir o hino nacional.

Passando o rodo
Depois de ter trocado tapas e sopapos com Jeová Campos e Carlos Antonio, na última campanha de prefeito, o suplente de vereador Roselânio Lopes, que nas últimas eleições tirou mais de 600 votos, se mudou de mala e cuia das oposições para uma sombra bem maior ao lado da situação.

Passando o rodo 2
Para que acontecesse esta mudança foi nomeado o vereador Lindemberg Lira para a secretaria de articulação política e Roselânio assumiu sua vaga na Câmara municipal. Esta engenharia política tem o objetivo de alicerçar a caminhada de Denise em busca da reeleição para a prefeitura de Cajazeiras. No poder até o rabo do jumento é doce.

Reclamações
Muitos empresários de Cajazeiras, que desejam ver a cidade crescer e se desenvolver, principalmente aos ligados ao setor comercial, têm reclamado da SUDEMA. Enquanto o CREA cobra 180 reais da taxa de fiscalização e o corpo de bombeiro somente 100 reais, a SUDEMA embolsa 1.180 reais e pra complicar ainda mais a demora para liberar a licença ambiental não sai antes de três meses. Este país não tem jeito mesmo, diz um empresário, “enquanto uns trabalham, outros só metem a mão no nosso bolso”.

E pode?
A câmara municipal de Cajazeiras fez um Projeto de Lei sobre consumo de água, fato que teria causado estranheza entre alguns juristas, porque não é da competência de câmaras municipais legislarem sobre este assunto. Será que foi sancionado pelo poder executivo?

Enroscada
A prefeita de Monte Horebe, Claudia Dias, depois de ficar afastada do cargo e se desenroscar dos processos, retorna ao comando do município. Nada que um bom advogado não consiga resolver.

Zé Aldemir
O deputado estadual José Aldemir ainda não sabe para qual partido vai migrar depois que se “abrirem as janelas partidárias”, porque, segundo ele não pode continuar no PEN, hoje agregado à base do governador Ricardo Coutinho, “figura” que Zé não suporta sequer ouvir o seu nome.

Zé Aldemir 2
Durante uma entrevista numa emissora de rádio de Cajazeiras, a prefeita de Poço de Zé Moura, Aurileide Egídio, entrou no ar e apelou: “Zé não seja candidato a prefeito de Cajazeiras, nós precisamos de você como deputado”. Aurileide votou nele na última eleição, mas será que os outros prefeitos e as lideranças políticas da região, que também o apoiaram têm o mesmo pensamento de Aurileide?

Zé Aldemir 3
Zé Aldemir, durante a Festa do Sete Candeeiros e do Reencontro teria sido alvo de inúmeras manifestações e de apelos para que seja candidato a prefeito de Cajazeiras, pelas oposições. Esta avaliação ele vem fazendo junto aos amigos e eleitores e são poucos, talvez os verdadeiros amigos, que têm o aconselhado para refletir sobre este fato.

Zé Aldemir 4
Zé Aldemir tem consciência que se for candidato, e já foi alertado por alguns, que o governador Ricardo Coutinho, iria duplicar as suas ações políticas em ajudar na reeleição de Denise, não só com obras, mas também de reforços financeiros nas despesas de campanhas, sem esquecermos que se juntando a estrutura do estado e a do município a disputa fica muita, mas muita desigual mesmo.

Vituriano de Abreu
Na composição política das oposições, para a disputa da prefeitura de Cajazeiras, o ex-deputado Antonio Vituriano de Abreu é um dos nomes que tem maior peso e inclusive cacife para indicar o nome do candidato a vice que se comenta que poderia ser a sua esposa Fátima Abreu, pessoa admirada na cidade e que não tem quase rejeição.

Antonio Ricardo
Também estaria nos planos do deputado José Aldemir trazer para o grupo das oposições o empresário Jose Gonzaga, Deca do Atacadão cujo irmão, Antonio Ricardo, já foi escolhido como presidente do PSDB, diretório de Cajazeiras, sob os olhares e bênçãos do senador Cássio da Cunha Lima. Antonio poderia ser o vice de José Aldemir.

Do Gazeta do Alto Piranhas

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras