header top bar

section content

Prefeitos da região discutem instalação de centro para recuperar dependentes químicos

A ideia é que as despesas com o funcionamento do centro sejam repartidas entre os municípios através de um consórcio.

Por

01/09/2015 às 16h23

Os prefeitos da região de Cajazeiras se reuniram na manhã desta segunda-feira (31) na sede da AMASP (Associação dos Municípios do Alto Sertão da Paraíba) para discutirem a instalação de um centro de recuperação de dependentes químicos que atenderá usuários dos 15 municípios da região.

?

Caso o projeto se concretize, o centro funcionará na cidade de São José de Piranhas e será construído no local onde fica o primeiro canteiro de obras montado para a transposição do Rio São Francisco, e receberá suporte das empresas envolvidas no projeto da transposição.

Além disso, a CNM (Confederação Nacional dos Municípios) também está envolvida no projeto e poderá contribuir trazendo recursos da União Europeia.

A ideia é que as despesas com o funcionamento do centro sejam repartidas entre os municípios através de um consórcio.

De acordo com o prefeito de São José de Piranhas, Domingos Neto, a CNM vai se tornar uma parceira dos 15 municípios do Alto Sertão para que o benefício seja executado. “Através dela vamos buscar recursos internacionais. É uma contrapartida mais do que interessante”, disse.

A coordenadora do projeto Reinserir da CNM, Rosângela Ribeiro avaliou a reunião como positiva graças a presença de profissionais que já trabalham com o problema da reinserção e de prefeitos da região. “Vimos o interesse dessas pessoas e tivemos a oportunidade de apresentar o projeto desenvolvido pela CNM”, disse ela.

DIÁRIO DO SERTÃO 

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”