header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Vereadores de Cajazeiras repudiam Cássio e aliado tucano o acusa de prestar desserviço. Vídeo!

Todos os vereadores de Cajazeiras concordaram com os requerimentos de Marcos Barros e garantiram que irão subscrevê-lo.

Por

17/04/2015 às 17h00

Vereadores criticam senador Cássio em CZ

O vereador Marcos Barros (PSB) usou a tribuna da câmara legislativa esta semana para repudiar o posicionamento do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) contra o programa “Mais Médico”, do Governo Federal.

De acordo com o vereador, tramita no Senado um projeto de autoria de Cássio que pretende acabar com o Mais Médico, iniciado no 1º mandato da presidenta Dilma e tem por objetivo de aumentar o número de profissionais da saúde para atender a população mais caretente.

Em repúdio ao posicionamento do senador, Marcos Barros solicitou à mesa diretora dois requerimentos verbais: um para enviar a Cássio, afirmando que a cidade de Cajazeiras, através da Câmara de Vereadores, é contra a tentativa de extinção do Mais Médico; e outro endereçado à presidenta Dilma e ao ministro da Saúde Arthur Chioro, enfatizando que a cidade está de pleno acordo com o programa Mais Médico e quer sua continuidade.

Todos os vereadores de Cajazeiras concordaram com os requerimentos de Marcos Barros e garantiram que irão subscrevê-lo.

Não pode
Jucinério Félix (PROS), que votou em Cássio para governador, também repudiou o posicionamento do senador. “Votei para governador no senhor Cássio Cunha Lima e discordo disso. Ele está fazendo um desserviço à população de Cajazeiras.”

Acompanhe o pronunciamento do vereador cajazeirense!

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local

EX-ALIADO

VÍDEO: Vereador revela que defender professores foi a ‘bomba’ que iniciou rompimento com José Aldemir