header top bar

section content

Professora sousense aprovada em Concurso Público morre após passar 10 dias na UTI

Wandergilsa passou 17 anos ensinando no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora (CNSA) e recentemente foi aprovada no Concurso

Por

21/11/2014 às 14h54

Professora Wandergilsa Batista tinha 40 anos (Foto: Facebook)

A professora Wandergilsa Batista de Sousa, que tinha 40 anos, morreu nesta sexta-feira (21), após passar oito dias internada na UTI do Hospital Antônio Targino em Campina Grande. 

Na madrugada do dia 11 de novembro, Wandergilsa sentiu fortes dores na cabeça e foi levada em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (Samu), até o Hospital Regional de Sousa.

O estado de saúde da professora se agravou. De acordo com o médico Augusto Braga, ela sofreu hemorragia cerebral por causa da ruptura de um aneurisma. Horas depois ela foi transferida para Campina Grande onde estava internada e acabou falecendo nesta sexta-feira (21).

Wandergilsa passou 17 anos ensinando no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora (CNSA) e recentemente foi aprovada em segundo lugar no Concurso Público da Prefeitura de Sousa. Ela era casada com Silvano Batista e tinha dois filhos.

Velório
O corpo da professora está sendo trasladado de Campina Grande até a cidade de Sousa para ser velado na casa de familiares no bairro Raquel Gadelha.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
QUARTO EPISÓDIO

Em homenagem ao Dia das Crianças, programa Coisas de Cajazeiras entrevistou uma turma esperta e antenada

EMOÇÃO E REVOLTA

VÍDEO: Após um ano e três meses, Victória Albuquerque é sepultada sob lágrimas e protestos em Cajazeiras

CRISE?

VÍDEO: Empresário afirma que tem vagas de emprego em Cajazeiras, mas faltam profissionais capacitados

DIRETO AO PONTO

Eleitos em Cajazeiras devem se comprometer com aeródromo, estrada de Boqueirão e hospital, diz colunista