header top bar

section content

Professora sousense aprovada em Concurso Público morre após passar 10 dias na UTI

Wandergilsa passou 17 anos ensinando no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora (CNSA) e recentemente foi aprovada no Concurso

Por

21/11/2014 às 14h54

Professora Wandergilsa Batista tinha 40 anos (Foto: Facebook)

A professora Wandergilsa Batista de Sousa, que tinha 40 anos, morreu nesta sexta-feira (21), após passar oito dias internada na UTI do Hospital Antônio Targino em Campina Grande. 

Na madrugada do dia 11 de novembro, Wandergilsa sentiu fortes dores na cabeça e foi levada em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (Samu), até o Hospital Regional de Sousa.

O estado de saúde da professora se agravou. De acordo com o médico Augusto Braga, ela sofreu hemorragia cerebral por causa da ruptura de um aneurisma. Horas depois ela foi transferida para Campina Grande onde estava internada e acabou falecendo nesta sexta-feira (21).

Wandergilsa passou 17 anos ensinando no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora (CNSA) e recentemente foi aprovada em segundo lugar no Concurso Público da Prefeitura de Sousa. Ela era casada com Silvano Batista e tinha dois filhos.

Velório
O corpo da professora está sendo trasladado de Campina Grande até a cidade de Sousa para ser velado na casa de familiares no bairro Raquel Gadelha.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

SERTÃO EM DESTAQUE

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, Paulo Maia toma posse para comandar OAB Paraíba até 2021

MODELOS DE SUCESSO

VÍDEO: Empresários do Pará interessados em implantar TV A CABO visitam Netline e TV Diário do Sertão

DUAS CONDENAÇÕES

VÍDEO: Comentarista afirma que Lula vai morrer em breve porque “não aguenta mais tanta humilhação”

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Novas nomeações em Cajazeiras são resultado das ‘pazes’ entre Jeová e Júnior, diz comentarista