header top bar

section content

Mudança nos cargos do Governo em Cajazeiras e campanha de Gobira para prefeito estão na Faisqueira

A derrota nas urnas de Cássio Cunha Lima em Cajazeiras, com um detalhe: tanto no primeiro quanto no segundo turno, também estão em destaque.

Por

07/11/2014 às 18h39

Limpando as gavetas
O governador Ricardo Coutinho enviou um recado aos seus atuais secretários, que deverão começar a esvaziar as gavetas de seus birôs: “Vamos mudar pessoas e farei isso com a maior tranqüilidade para servir bem à população”.

Limpando as gavetas 2
 Ricardo disse ainda: “Estabilidade provisória só quem tem é o governador e a vice” e que quer chegar no dia primeiro de janeiro com tudo mudado. Será que a cidade de Cajazeiras vai continuar sendo contemplada com uma secretaria?

Mudou da água para o vinho
Primeiro foram os deputados que tiveram o “privilégio” de almoçar na granja ao lado do governador, fato “inédito” para o “estilo” Ricardo de governar. Quem teria “operado este milagre”? Ou teria aprendido com o ditado popular: “a dor é quem ensina a gemer”?

Mudou da água para o vinho 2
Neste primeiro papo com a base aliada, após o resultado das urnas, quando foi servido um bom almoço, o governador Ricardo Coutinho agradeceu o empenho, o apoio, a colaboração e rogou a todos que se unissem e relembrou os momentos difíceis  e ruins sem maioria na Assembléia, fato que o deve ter deixado sem dormir por muitas noites.  

Mudou da água para o vinho 3
Ainda sem maioria –  somente treze deputados participaram, da reunião na Granja Santana,  e ouviram dele: “espero que o clima de terror seja coisa do passado. Não é possível que continuem a  fazer política para si próprio e para seu grupo”. Será que desta vez o governador vai “meter a colher na panela da Assembléia?” É besta quem pensar o contrário. Ninguém gosta de apanhar duas vezes no mesmo beco.

Mudou da água para o vinho 4
Mas não foram apenas os deputados que foram convidados para uma conversa e comer feijão preto com tripa assada. Ricardo reuniu mais de 100 prefeitos (só os que votaram nele), na capital do estado, para agradecer o empenho de cada para o sucesso eleitoral das urnas. 

Mudou da água para o vinho 5
Certa vez, em Cajazeiras, depois de uma reunião com prefeitos e lideranças da região, todos se dirigiram para um restaurante da cidade e quando o governador Ricardo Coutinho acabou de engolir a bóia e beber água se dirigiu ao caixa pagou sua conta, deu tchau e escafedeu-se. Alguns convivas que estavam lisos tiveram que tomar dinheiro emprestado para pagar a conta. Era inaugurado um novo estilo de governar: cada um paga a sua conta, o governo não é pai de ninguém.

Cássio 
Ficou registrada na História Política de Cajazeiras a primeira derrota nas urnas de Cássio Cunha Lima, com um detalhe: tanto no primeiro quanto no segundo turno com uma maioria avassaladora pró Ricardo.

Gobira
O sapateiro Antonio Gobira, ainda “embriagado” com a quantidade de votos que tirou em Cajazeiras como candidato a deputado federal (mais de 19.000), já botou o pé na estrada pedindo votos como candidato a prefeito, em 2016. 

Rompimento
Tudo leva a crer que o deputado estadual José Aldemir tenha rompido com o vereador e companheiro de muitas eleições, Marcos Barros. Depois das eleições os laços foram rompidos. 

Nem com uma surra
Aportou na redação da Faisqueira um fato que não será noticiado nem debaixo de uma pisa com couro cru molhado e muito menos com a grandiosa “mufufa” ofertada. Foi tudo checado e o fato e a documentação são mais do que verdadeiros.  

Do Gazeta do Alto Piranhas

Tags:
CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Diário Esportivo recebe a comissão técnica do Atlético de Cajazeiras e Ederson confirma reforços

sadasd

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança desta semana reflete sobre a importância das ‘pequenas coisas’

OBRAS E INAUGURAÇÕES

Prefeito de Sousa reúne imprensa para coletiva e anuncia ações e inaugurações para o final do ano

ENTREVISTA EXCLUSIVA

VÍDEO: Dra. Paula garante Zé Aldemir candidato em 2020, mas pede cuidado em alianças com ‘bagulhos’