header top bar

section content

Pai diz que bebê morreu de parto em hospital de Sousa; médica diz que houve má formação

"Foram feitas as manobras de reanimação, intubação, mas o bebê não apresentou nenhum sinal vital”. Confira os detalhes aqui

Por

12/09/2014 às 13h00

Angústias da estudante de medicina (Foto: ilustrativa/internet)

Uma adolescente grávida de 17 anos deu entrada na tarde da última quinta-feira (11) no Hospital Materno Infantil na cidade de Sousa para realizar o parto pois sentia dores. Os médicos realizaram o parto durante a noite, mas constataram que o bebê estava morto.

O popular Ivanildo Gomes Pedrosa, pai da criança, disse que sua esposa estava com nove meses de gravidez e sentia dores. A mulher entrou na sala de cirurgia durante a noite, onde foi iniciado o procedimento de parto no bloco cirúrgico. Momentos depois familiares foram informados que a criança nasceu morta.

 “Foi um erro da médica, pois se ela tivesse dito que não dava para fazer o parto, eu iria transferir minha esposa para outro Hospital. Vou acionar a justiça para investigar esse caso”, falou o pai do bebê.

Outro lado
A diretora do Hospital Materno Infantil, Apoliana Ferreira, disse que a grávida chegou ao Hospital e recebeu todos os atendimentos necessários. A adolescente foi levada para uma avaliação com a médica Verônica Meirelles, que optou pela realização da cesariana, pois não havia condições de parto um parto normal.

“Depois de uma reavaliação, a médica de plantão resolveu levar a paciente para sala de cirurgia para dar início a cesariana. Depois de todos os procedimentos, foi constatado que o bebê estava morto. Foram feitas as manobras de reanimação, intubação, mas o bebê não apresentou nenhum sinal vital”, disse Apoliana Ferreira.

Ainda de acordo com a direção do Hospital, a médica acredita que uma má formação congênita pode ter causado a morte do feto que pesou apenas 2,5kg e possuía uma estatura de 47 centímetros.

O Hospital encaminhou o feto até o Instituto Médico Legal (IML) em João Pessoa para o exame cadavérico que vai revelar a causa da morte.

Veja vídeo!

Bebê estava morto
Natimorto ou nado-morto são denominações dadas ao feto que morreu dentro do útero ou durante o parto, ou seja, quando ocorre óbito fetal. Óbito fetal é a morte de um produto da concepção ocorrida antes da expulsão ou de sua extração completa do corpo materno, independentemente da duração da gestação. A indicação do óbito fetal é dada pelo fato de que, após a separação do corpo materno, o feto não respire ou mostre qualquer outra evidência de vida, tais como: batimento do coração, pulsação do cordão umbilical ou movimento efetivo dos músculos de contração voluntária.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Secretário de João Azevêdo defende aproximação de Dra Paula e Zé Aldemir ao Governo estadual

BRIGA NO CARNAVAL

VÍDEO: Autoridades policiais revelam que suspeitos do crime na Vila Nova em Cajazeiras alegaram vingança

SAÚDE

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe médico radiologista e tira dúvidas sobre os exames por imagem

CRISE NO PSB

VÍDEO: Nonato Bandeira evita dar resposta a Ricardo por determinação de João Azevêdo: “Estamos focado no trabalho”