header top bar

section content

Obra que custou mais de R$ 100 mil serve de depósito em Câmara do Sertão. Veja fotos!

A sala situada no primeiro andar do prédio continua vazia servindo de depósito para armazenar objetos não utilizados.

Por

09/10/2011 às 22h07

Matéria publicada pelo site Conexão Sertão aponta o descaso da Câmara Municipal de Sousa com o dinheiro público. Parece uma controvérsia, mas o fato vem sendo praticado justamente por quem tem a obrigação legal de fiscalizar a aplicação dos recursos: o Poder Legislativo.

Fotografias mostram que a biblioteca virtual da edilidade, construída na gestão Denis Formiga (PMDB), entre 2009 e 2010 com um custo de mais de R$ 100 mil permanece sem utilização. O local está vazio, sequer uma cadeira ou um birô existe; muito menos livros, estantes ou computadores.

Na época, o objetivo do investimento era atender estudantes carentes sem acesso a Internet para realização de pesquisas escolares. Hoje na gestão do presidente Cacá Gadelha (PSD), a sala situada no primeiro andar do prédio continua vazia servindo de depósito para armazenar objetos não utilizados pelos vereadores e funcionários.

Veja mais fotos na galeria abaixo. Clique e aumente o tamanho das imagens.

DIÁRIO DO SERTÃO com Conexão Sertão

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Corpo jovem desaparecida é encontrado em avançado estado de decomposição; amiga fala da relação com o ex

AO VIVO

ESPECIAL: Sessão da Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba em Cajazeiras – 156 anos

VÍDEO

Em entrevista no Sertão, presidente da Assembleia revela distanciamento entre Ricardo e João Azevêdo

VÍDEO

Testemunha dá detalhes de assalto que deixou funcionário de concessionária de Cajazeiras baleado