header top bar

section content

Sindicato decide acabar greve da UFCG de Cajazeiras; Presidente alerta que mobilizações vão continuar. Vídeo

Risomar Alves explicou que o movimento durou quatro meses e na assembleia realizada nesta quinta-feira (8) decidiram retomar as atividades em Cajazeiras

Por

10/10/2015 às 16h05

A presidente da Associação dos Docentes Universitários de Cajazeiras, a professora Risomar Alves confirmou nesta sexta-feira (9), o fim da greve na Universidade Federal de Campina Grande, campus de Cajazeiras, mas assegurou que a mobilização dos professores em favor de melhorias na educação vai continuar.

Risomar Alves explicou que o movimento durou quatro meses e na assembleia realizada nesta quinta-feira (8) decidiram retomar as atividades. “A greve foi uma orientação do sindicato nacional”.

De acordo com a sindicalista, as aulas da UFCG de Cajazeiras serão reiniciadas na próxima sexta-feira (16), pois os professores precisam reorganizar o calendário letivo de 2015. 

Ele revelou que a classe não aceitou a proposta de reajuste oferecido pelo governo, pois a greve não foi uma reivindicação apenas salarial. “Pedimos 27%, sugeriram 10,5% em dois anos e a gente disse não”.

A representante da ADUC afirmou que depois de quatro meses de greve os professores cansaram, porém, as reuniões e reivindicações vão continuar. “Vamos chamar deputados federais e governadores porque recebemos ataques do governo, com retiradas de direitos dos trabalhadores”.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras