header top bar

section content

Sindicato se preocupa com evasão escolar e denuncia que Cajazeiras já perdeu quase três mil estudantes

O Sindicato denuncia que existem 2.483 alunos matriculados no estado, quando a lei ordena que os municípios se responsabilizem por esse segmento

Por

22/05/2015 às 16h59

O Sindicato dos Funcionários Municipais de Cajazeiras (SINFUMC) denunciou nesta sexta-feira (22), o grande índice de evasão escolar e chamou de dura realidade do sistema municipal de ensino, referente a queda das matrículas nos dois segmentos do ensino fundamental.

O SINFUNC comparou o número de matrículas ao ano 2006, a rede municipal de ensino tinha 8.838 alunos matriculados enquanto que em 2015, esse número caiu para 5.715, fato que segundo o sindicato poderá causar forte prejuízo para os professores, pois o município poderá ser obrigado a colocar professores em disponibilidade por falta de alunos.

Veja também: 

?Sindicato acusa administração de Cajazeiras de arbitrária e convoca servidores; Município rebate

Câmara de Cajazeiras aprova regulamentação do supervisor escolar e transforma gratificação em vencimentos

‘Leão’ sai da toca, comenta mais uma condenação federal contra Carlos Antonio e ironiza “Não paga”

A diretoria do SINFUMC explicou que atualmente existem 437 docentes nos dois segmentos do ensino fundamental e que, se forem divididos o número de alunos matriculados pelo número de professores, significa que há 13 alunos para cada professor lecionar.

O Sindicato denuncia que existem 2.483 alunos do ensino fundamental matriculados em escolas do estado, quando a legislação federal ordena que os municípios se responsabilizem por esse segmento, mas mesmo sendo de sua competência, o município nada fez para requerer do estado a devolução desses alunos.

DIÁRIO DO SERTÃO com Blog de Adjamilton Pereira

Tags:

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Empresário revela convite das oposições de Cajazeiras para disputar a prefeitura e derrotar Zé Aldemir

EVENTO CATÓLICO

VÍDEO: I Adora Cristo é sucesso em Cajazeiras, e coordenador da Missão Éfeso acredita em crescimento

SAÚDE BUCAL

VÍDEO: ortodontista sousense revela se é possível rejeição em casos de implantes dentários

SEGURO DE TRÂNSITO

VÍDEO: Para chefe do Detran de Cajazeiras, fim do DPVAT é retrocesso: “Se tem falhas, tem que corrigir”