header top bar

section content

Cidade de Sousa irá sediar encontro interdisciplinar certificado pela UFCG e pelo CNPQ

O objetivo geral do evento é contribuir para fazer conexões teórico-reflexivas das diferentes ciências no intuito de difundir o caráter interdisciplinar.

Por

08/12/2014 às 15h00

UFCG da cidade de Sousa. Confira aqui!

A cidade de Sousa sediará nos dias 11 e 13 de dezembro o primeiro encontro Interdisciplinar da Paraíba. O evento está sendo organizado pelo Grupo de Pesquisa em Gestão Ambiental do Semiárido coordenado pelo professor Doutor Alan Sarmento Vieira, do Campus da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), em Sousa. 

O evento tem a certificação da UFCG e do CNPQ (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e terá sua programação executada nas próximas quinta, sexta e sábado no auditório da unidade I da UFCG, no centro da cidade sorriso. O encontro irá abordar o tema Conexão das Ciências e Sustentabilidade e vai contar com a participação de professores convidados e de profissionais das áreas de ciências contábeis, administração, engenharia, serviço social e direito. 

O público estimado para o evento é de 350 pessoas e as inscrições podem ser feitas no site da Universidade federal de Campina Grande através do link: http://ccjs.ufcg.edu.br/ppga/ocs. Todo processo de inscrição será online em website que ordenará os processos de inscrição de participação no evento, dimensionados a partir dos espaços disponíveis. Será cobrada uma taxa de inscrição de R$ 50,00 (cinquenta reais) para os estudantes e R$ 100,00 (cem reais) para os demais níveis de escolaridade, a fim de suprir a infraestrutura do evento (estadia, diárias, descolamento, entre outros).

A consecução dos objetivos do Primeiro Encontro Interdisciplinar vai centrar-se em palestras e rodas de conversas que visam à possibilidade de articulação das narrativas nas diferentes áreas das ciências envolvidas considerando a temática da conexão das ciências. 

O professor Alan Sarmento Vieira, coordenador do encontro, disse que irá estabelecer debate entre as mais diversas ciências. “A questão central que será abordada está em estabelecer uma conexão do conhecimento científico das diferentes ciências com as dimensões: social, econômica e ambiental, a fim de delinear soluções na busca da sustentabilidade”, disse. 

Sarmento destacou que “a organização do evento será desenvolvida com base numa comissão organizadora formada por professores e técnicos convidados pelo proponente e sua equipe. Esta comissão organizadora ficará responsável pela execução e logística, cujas atividades listadas e ordenadas estarão de acordo com as etapas do evento. Com relação aos palestrantes e profissionais que irão participar do evento, são de atuação nacional e de reconhecida relevância científica e prática para as temáticas em questão”. 

O objetivo geral do evento é contribuir para fazer conexões teórico-reflexivas das diferentes ciências no intuito de difundir o caráter interdisciplinar. A Comissão Organizadora tem como meta repassar saberes disciplinares para criar interações interdisciplinares para contribuir na formação dos futuros profissionais do CCJS (Centro de Ciências Jurídicas e Sociais de Sousa) e dos mais campi da UFCG da Paraíba.

Integram também a organização do evento científico a professora Mestra Ana Flávia Albuquerque Ventura (Coordenadora), o professor Especialista Raul Ventura Júnior (Colaborador), a professora Maria Mônica de Almeida (Colaboradora) e professora Mestra Rozilene Lopes de Sousa (Colaboradora). 

O campus da UFCG de Sousa é dirigido pela professora Doutora Jônica Marques Aragão.

DIÁRIO DO SERTÃO com Assessoria

Tags:

Recomendado para você pelo google

EVANGÉLICO DE OPOSIÇÃO

VÍDEO: Pastor de Cajazeiras diz que Bolsonaro está destruindo o país e não levou facada: “Foi uma farsa”

EM SOUSA

Radialista revela que “vítima da mão pesada e dos chutes do prefeito Tyrone” disputará eleições em 2020

VÍDEO

Comandante do Corpo de Bombeiros aponta possíveis causas do incêndio no lixão de Cajazeiras

SAÚDE

VÍDEO: Programa Xeque Mate fala sobre a saúde de Cajazeiras e recebe popular e diretoras do HUJB e HRC