header top bar

section content

Governador assina Protocolo de Intenções para ampliação de empresa gerando cerca de 400 empregos na PB

"A Paraíba concentra uma grande produção de calçados e isto tende a ser ampliado no próximo ano”, avaliou Ricardo Coutinho.

Por Luzia de Sousa

19/12/2017 às 09h16

Paraíba poderá ganhar novos empregos (Foto: Assessoria)

O governador Ricardo Coutinho assinou, nesta segunda-feira (18), na Granja Santana, um Termo Aditivo ao Protocolo de Intenções com a empresa Tess, para ampliação da unidade industrial com migração das plantas industriais de placas (palmilha) e solado do Estado do Rio de Janeiro para a Paraíba, com investimento aproximado de R$ 10 milhões. Participaram da audiência o secretário da Receita, Marconi Frazão, a presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Tatiana Domiciano, o presidente da Tess, Thomas Reis Simon, e outros representantes da empresa.

A Tess, instalada em Campina Grande desde 2009, tem uma capacidade de produção de 7 milhões de pares de calçados por ano. A empresa gera, atualmente, 1.100 empregos diretos, porém com a migração das novas tecnologias, mais 400 vagas de trabalho serão abertas, ampliando para quase 1.500 o número de empregos gerados pela empresa no Estado.

A Paraíba é o segundo maior produtor de calçados do Brasil, com aproximadamente 200 milhões de pares produzidos anualmente, ficando atrás apenas do Ceará. Juntos, os dois Estados representam quase 50% da produção nacional. “Estamos no caminho correto, temos uma excelente infraestrutura, incentivos fiscais e mão de obra qualificada. Tudo isso contribui para a vinda e o crescimento de empresas como a Tess aqui no Estado. A Paraíba concentra uma grande produção de calçados e isto tende a ser ampliado no próximo ano”, avaliou Ricardo Coutinho.

Paraíba poderá ganhar novos empregos (Foto: Assessoria)

Em relação à mão de obra, o governador comentou com os representantes da Tess que, em 2018, as novas Escolas Técnicas Estaduais terão cursos voltados para a área de calçados. “No próximo ano, a Paraíba vai ter duas novas Escolas Técnicas com cursos técnicos em calçados, uma delas é em Patos e a outra na cidade de Campina Grande, ampliando, assim, a qualificação dos jovens nesta área”, observou.

Paraíba poderá ganhar novos empregos (Foto: Assessoria)

De acordo com o presidente da Tess, Thomas Reis Simon, a empresa está trazendo duas novas tecnologias de fabricação que vão possibilitar a produção de outros tipos de produtos, desenvolvendo novas marcas de calçados. “A Tess, que hoje é uma fábrica de sandálias, vai, a partir da assinatura deste convênio, conseguir evoluir, visando dobrar de tamanho no futuro, gerando ainda mais empregos. Esse Aditivo nos dá a segurança de continuar investindo aqui na Paraíba. Queremos chegar à produção de 10 milhões de pares já nos próximos três anos”, afirmou.

PORTAL DIÁRIO com assessoria

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Chico Mendes diz que pode dividir palanque com Cleide e dispara: “Tô pronto para disputar com Paula”

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”