header top bar

section content

IBAMA decide responsabilizar cantor Latino por foto do macaco fumando

O cantor vai ser responsabilizado pela divulgação da imagem

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

28/04/2016 às 09h08

A autorização de posse de animal silvestre não permite esse tipo de tratamento, segundo o IBAMA

Nesta terça-feira (26), o Ibama informou que após ter conhecimento da foto em que mostra o macaco Twelves de Latino fumando, o cantor vai ser responsabilizado pela divulgação da imagem.

A autorização de posse de animal silvestre não permite esse tipo de tratamento, portanto o cantor Latino responderá pelo fato. Há uma lista em discussão no Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), com participação de representantes da sociedade civil, que estabelecerá os critérios para a determinação de espécies silvestres a serem criadas e/ou comercializadas como animais de estimação.”

Latino se defende da acusação e ainda rebate a decisão do órgão. “Eu quero ver o Ibama ter peito para tirar o macaco de mim. É ruim de me tirar. Eles querem é aparecer com isso. Não tem nada disso. Eu estava fumando o narguilé, ele parou para sentir o cheiro e a menina tirou a foto. Quando ela fez a foto eu pedi para postar, porque era um momento engraçado, uma foto ostentação. Só que as pessoas gostam de se aproveitar das situações. Tanta coisa para o Ibama procurar saber, tanta coisa errada no planeta, tanta injustiça”, afirmou, indignado, Latino ao site Ego.

Recentemente a apresentadora Luisa Mell usou as redes sociais para mostrar sua indignação com a foto e repudiou a atitude do cantor.

Notícias ao Minuto

Recomendado para você pelo google

EVANGÉLICO DE OPOSIÇÃO

VÍDEO: Pastor de Cajazeiras diz que Bolsonaro está destruindo o país e não levou facada: “Foi uma farsa”

EM SOUSA

Radialista revela que “vítima da mão pesada e dos chutes do prefeito Tyrone” disputará eleições em 2020

VÍDEO

Comandante do Corpo de Bombeiros aponta possíveis causas do incêndio no lixão de Cajazeiras

SAÚDE

VÍDEO: Programa Xeque Mate fala sobre a saúde de Cajazeiras e recebe popular e diretoras do HUJB e HRC