header top bar

section content

LUTO: Cantor e apresentador de rádio e TV conhecido nacionalmente morre em São Paulo; Ele era natural de cidade da região de Cajazeiras

Cristóvão Barros de Alencar nasceu em Uiraúna, na região de Cajazeiras, Paraíba. Ele teve passagem pelas rádios Tupi, Record e América. Em paralelo, atuou como cantor, intercalando a carreira nos palcos e nos estúdios.

Por Priscila Belmont

05/06/2017 às 10h12 • atualizado em 05/06/2017 às 15h36

Barros de Alencar morreu aos 84 anos - Divulgação

Morreu na madrugada desta segunda-feira (5) o apresentador, radialista e cantor Barros de Alencar, aos 84 anos.

O comunicador estava internado em um hospital na Mooca, zona leste de São Paulo, para tratar de problemas cardíacos.

O radialista Kaká Siqueira, locutor da Tropical FM 107,9 – SP, afirmou que Barros entrou em coma no domingo (4). “Ele estava com o coração bem fraquinho”, lamentou.

Virgínia Barros, irmã do apresentador, informou no Facebook que o enterro aconteceu às 13h30, no cemitério Primavera em Guarulhos, Grande São Paulo.

Barros de Alencar morreu aos 84 anos –
Divulgação

Cristóvão Barros de Alencar nasceu em Uiraúna, na região de Cajazeiras, Paraíba. Ele teve passagem pelas rádios Tupi, Record e América. Em paralelo, atuou como cantor, intercalando a carreira nos palcos e nos estúdios.

Nos anos 80, ele também teve um programa de TV de muito sucesso na Record TV. A atração tinha show de calouros, apresentação de artistas famosos e deu espaço para muitas bandas de rock brasileiras que estavam em alta na época como Metrô, Kid Abelha, RPM, Tokyo, João Penca, entre várias outras.

SHOW DIÁRIO com R7

FASE DE 'ÓCIO'

VÍDEO: Aposentado, jornalista da PB cita ex-colegas da imprensa que ele admira e diz se pretende voltar

GOVERNADOR ELEITO

VÍDEO: Azevêdo diz que apesar de Sousa não eleger nenhum deputado, cidade terá representante no governo

AGRADECIMENTOS

VÍDEO: Em show após morte do pai, cantor cajazeirense emociona ao contar trajetória e apoio da família

SE POSICIONANDO

Líder católico de Cajazeiras grava vídeo fazendo apelo para não votarem em Bolsonaro “pelo amor de Deus”