header top bar

section content

WhatsApp amplia prazo para parar de funcionar em celulares antigos

Anteriormente, data-limite estava programada para esta sexta-feira (30)

Por Priscila Belmont

30/06/2017 às 09h16

© pixabay

O WhatsApp anunciou que adiou o fim do serviço para uma série de aparelhos, anteriormente programado para acabar nesta sexta-feira (30).

A empresa, que pertence ao Facebook, porém, informou que “alguns dos recursos poderão parar de funcionar a qualquer momento” nesses aparelhos mais antigos.As novas datas para o fim dos funcionamento do serviços são as seguintes:

>> BlackBerry OS e BlackBerry 10 após o dia 31 de dezembro de 2017;

>> Nokia S40 após o dia 31 de dezembro de 2018;

>> Nokia Symbian S60 após o dia 30 de junho de 2017;

>> Windows Phone 8.0 e anterior após o dia 31 de dezembro de 2017;

>> As versões 2.3.7 e anterior do Android após o dia 1º de fevereiro de 2020.

Segundo a companhia, essas plataformas têm certas limitações que impedem a expansão de seus recursos. Ela recomenda que os usuários troquem seus aparelhos por outros mais atuais.

+ OVNI é filmado décadas depois do caso Roswell

A decisão da empresa de cancelar o funcionamento para os celulares mais antigos havia sido contestada pela associação de defesa do consumidor Proteste.

De acordo com a Proteste, trata-se de um desrespeito ao consumidor, especialmente para quem escolhe utilizar um aparelho mais antigo com acesso ao serviço de telefonia provido por todas as operadoras no país.

O aplicativo de mensagem instantânea conta com cerca de 1,2 bilhão de usuários no mundo. No Brasil, a marca de 120 milhões já foi batida. Com informações da Folhapress.

Noticias ao Minuto

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”

"MERECIA MAIS"

VÍDEO: Comentarista critica falta de prestígio de Sousa com o Governo do Estado nas nomeações de cargos

ANTIGO E NOVO

VÍDEO: Secretário e prefeito exibem projeto do novo Museu de Cajazeiras feito por arquiteta cajazeirense

COBRANÇAS INDEVIDAS

VÍDEO: Problemas com empréstimo consignado? Advogado dá orientações para que você não seja negativado