header top bar

section content

Por que você não deve recorrer à balança e se pesar todos os dias?

As pessoas podem desanimar facilmente quando o resultado não é o pretendido

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

26/01/2018 às 09h04

Os perigos da pesagem na balança todos os dias

A balança é um dos objetos mais temidos dentro de casa. Apesar de ser prática e fácil de usar, a informação que revela pode ter um efeito devastador para quem a lê. Se, por um lado, o uso da balança é positivo por esta servir de aliada no alerta de excesso de peso, por outro, pode ser também uma inimiga do estado de espírito da pessoa. E é por isto que as pessoas não se devem pesar todos os dias.

Como explica o jornal espanhol “El Confidencial”, as pessoas que pretendem perder peso (ou controlar ao máximo o que têm) e que se pesam regularmente tendem a ficar à mercê do valor que a balança apresenta e que não varia tanto quanto o desejado, podendo desanimar facilmente quando o resultado não é o pretendido. E qual a consequência mais direta? Largar todo o esforço por terra.

Além de criar uma expectativa alta, a balança que se tem em casa não faz a distinção de músculo e gordura, podendo o peso elevado ser o resultado do aumento de massa muscular e não necessariamente de gordura acumulada. Mas como a pessoa não sabe isso, a probabilidade de se sentir triste, deprimida e desmotivada é grande, assim como o risco de cair na tentação de compensar-se pelo esforço até então feito e que (na sua cabeça) de nada valeu.

Na prática, a balança apresenta apenas números e nada diz sobre a composição corporal, nem tão pouco sobre o estado de saúde da pessoa, por isso, pesar-se todos os dias de nada vale para o progresso ou para o sucesso na perda de peso. O ideal é consultar regularmente um nutricionista e fazer a devida avaliação junto do profissional.

Notícias ao Minuto

Tags:
YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco