header top bar

section content

ALERTA: Você passa muito tempo em frente a uma tela? Veja quais são os perigos para a sua saúde

Passamos o dia inteiro olhando celular, computador, TV, tablet. Mas afinal quais são os danos para a nossa saúde?

Por Notícias ao Minuto

28/02/2018 às 08h29

Veja afinal quais são os danos para a nossa saúde

É cada vez mais difícil calcular e limitar o tempo que passamos vendo imagens em objetos eletrônicos. A intromissão das redes sociais nas nossas vidas também não ajuda. Passamos horas por dia verificando o Facebook, o Instagram ou o WhatsApp.

“As preocupações sobre os danos provocados por passarmos tempo demais diante a telas aumentaram”, diz Amy Orben, que investiga os efeitos das redes sociais nas relações humanas na Universidade de Oxford, no Reino Unido. Mas afinal quanto tempo é muito tempo?

Julgamento pessoal

“Estabelecer uma quantidade saudável de tempo diante do monitor não é uma tarefa fácil”, afirma Orben. Para a clínica em psicologia experimental, definir uma quantidade correta de tempo para se passar em frente a telas e nas redes sociais depende do “julgamento pessoal” de cada um.

Um estudo que Orben e outros pesquisadores da Universidade de Oxford realizaram para a Unicef em 2017, no qual examinaram 120 mil jovens de 15 anos, do Reino Unido, verificou que o aumento do número de horas em frente a monitores usando redes sociais e outras ferramentas estava vinculado a uma melhoria do bem-estar, “possivelmente porque reforçam as amizades”.

“As tecnologias digitais parecem ser benéficas para as relações sociais do jovens, embora o impacto nos níveis de atividade física seja inconclusivo”.

A psicóloga afirma que o tempo em frente ao monitor pode ser comparado à ingestão de açúcar. “Em geral, concorda-se que açúcar demais é prejudicial para a saúde. Mas o efeito depende de outros fatores, como o tipo de açúcar e a pessoa. O mesmo tipo de lógica aplica-se às redes sociais”.

A regra do 20-20-20

O professor de oftalmologia do Weill Cornell Medical College de Nova York, Christopher Starr diz que o tempo excessivo em frente a telas afeta os nossos olhos. “Alguns de nós passamos até nove horas por dia a usar dispositivos com monitores. Pode ser muito esgotante”, explica.

“Para cada 20 minutos diante de um computador ou dispositivo móvel, temos que olhar para um objeto que esteja a seis metros de distância, durante 20 segundos ou mais. E assim os músculos dos olhos conseguem relaxar”.

Entre meia hora e uma hora por dia

A psicóloga norte-americana Jean Twenge, da Universidade de San Diego, na Califórnia, recomenda reduzir o tempo de uso desses dispositivos – sobretudo no caso das crianças. Twenge é a autora principal de um estudo que foi publicado em 2017 na revista científica Clinical Psychological Science, da Associação para o Avanço da Ciência Psicológica.

O estudo vincula o aumento do suicídio entre os jovens com o tempo que passam a usar tecnologias digitais. “Entre meia hora e uma hora por dia. Esse parece ser o tempo adequado para a saúde mental dos jovens”, diz a especialista.

Segundo o estudo, os adolescentes nos Estados Unidos passam cinco horas ou mais por dia em frente a esses aparelhos e têm 71% mais probabilidade de suicídio. E isso independentemente do conteúdo que consomem, assegura. Quanto maior o número de horas, maiores as possibilidades de sofrer de depressão.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/lifestyle/547224/passa-muito-tempo-em-frente-a-uma-tela-preserve-a-sua-saude

Tags:
ENTREVISTA ESPECIAL

DIA DO MÉDICO: Um dos médicos mais respeitados de Cajazeiras relata fatos marcantes do seu ‘sacerdócio’

RESULTADOS MARCANTES

VÍDEO: Na capital, jornalista cajazeirense avalia vitória de Azevêdo e derrota de Cássio: “Foi um marco”

ACONTECE EM NOVEMBRO

VÍDEO: Secretária da Prefeitura e gerente do Sebrae dão detalhes sobre a feira Expo Negócios Cajazeiras

EPISÓDIO 5

VÍDEO: Programa Coisas de Cajazeiras especial reverencia os mestres na arte de educar: os professores