header top bar

string(11) "show-diario"

section content

Fantasias sexuais eróticas podem melhorar os relacionamentos

De acordo com pesquisa feita em Israel, quem fantasia com o parceiro tende a olhar mais para o lado bom da relação e esquecer o que há de ruim

Por IG Delas

21/08/2018 às 08h59 • atualizado em 22/08/2018 às 06h30

As fantasias sexuais entre os comprometidos são mais intensas, segundo a pesquisa realizada em Israel (Foto: shutterstock)

Ter e realizar fantasias sexuais com o parceiro pode ser o segredo que você tanto procurava para um relacionamento perfeito. De acordo com um estudo realizado pelo Centro Interdisciplinar de Herzliya, em Israel, esse hábito pode melhorar a comunicação dos casais e, consequentemente, o convívio dos pombinhos.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores fizeram quatro testes com voluntários. Nas duas primeiras etapas, todos estavam envolvidos emocionalmente com alguém e foram orientados a pensar em fantasias sexuais com essas pessoas. Depois, os participantes da pesquisa fantasiaram com pessoas diferentes e anotaram o conteúdo desses “sonhos”.

As duas etapas já deixaram claro que os voluntários que falaram sobre suas fantasias com quem estão envolvidos emocionalmente demonstraram mais vontade de fazer sexo , sujar o corpo e ousar na cama. Para dar continuidade ao estudo, porém, os participantes escolhidos para a pesquisa tiveram de registrar suas rotinas sexuais ao longo de três semanas.

Em um papel, eles anotaram suas percepções positivas e negativas das transas e, mais uma vez, mostraram que as fantasias entre os comprometidos são melhores. Para os estudiosos, os casais que fantasiaram com seus parceiros passaram a prestar atenção em mais aspectos positivos do relacionamento . Além disso, para realizar o que sonham precisaram ser abertos com quem vivem e o diálogo, é claro, contribui para os relacionamentos.

Perder a vergonha para realizar fantasias sexuais é importante

As fantasias sexuais entre os comprometidos são mais intensas, segundo a pesquisa realizada em Israel
Ao Delas , a terapeuta de casais Elisabete Kuns fala sobre essa importância de ousar no sexo e realizar desejos com os parceiros. Para ela, muitas mulheres sentem vergonha de expor que sentem vontade de experimentar outras posições ou até mesmo desejos mais estranhos, mas é preciso superar essa timidez em nome da felicidade. O resultado da pesquisa, inclusive, é um argumento a mais para motivar quem não costuma colocar isso em prática.

“Como a relação de intimidade é uma construção, o que hoje é difícil, em outro momento, com maior esclarecimento, pode ser bem-vindo”, explica a profissional, que recomenda conversas e vídeos que possam excitar os casais para que as fantasias sexuais sejam colocadas em prática e melhorem os relacionamentos, como sugere o estudo.

Fonte: https://delas.ig.com.br/amoresexo/2018-08-20/fantasias-sexuais-estudo-casais.html

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade