header top bar

section content

Joelma diz que quase morreu com agressão de Ximbinha: ‘Não era para estar viva’

A cantora e Luiza Brunet estrearam o quadro 'Você por aqui?', do 'Fantástico', neste domingo (11)

Por Purepeople

12/11/2018 às 08h39

Joelma disse que quase morreu com as agressões do ex-marido, Ximbinha, em quadro do 'Fantástico' (Foto: AGNews)

Joelma estreou o quadro “Você por aqui?”, do “Fantástico”, neste domingo (12). Em conversa com Luiza Brunet, a paraense relatou a agressão que sofreu do ex-marido, Ximbinha, durante o casamento: “Eu estou viva, é porque um cantor que trabalhava junto comigo me tirou da mão da pessoa na hora. Porque não era nem para eu estar viva hoje”. A cantora, que não guarda mágoas do ex-companheiro, lembra que ficou devastada após a separação: “A minha vida estava tão ligada e amarrada ao meu casamento. Eram o meu trabalho, a minha família, os meus sentimentos de mulher, tudo entrelaçado. Era tão preso, tão amarrado, que era quase impossível separar. De repente tudo desaba. Arrancaram as minhas forças, eu me sentia como se fosse um zumbi. Mas eu pensei: ‘eu preciso me levantar’. Eu não podia aceitar aquela situação”

Três anos após o fim do casamento, a cantora garantiu que está bem: “Hoje me sinto plena. Me sinto completa. Hoje ninguém vai me impedir de ser feliz”. Segundo a famosa, sua força veio da mãe: “A minha mãe me ensinou a ser independente. Ela criou sete filhos sozinha. Meu pai saiu de casa quando e tinha 8 anos. Ele saiu para trabalhar e nunca mais voltou. A força dela é muito maior que a minha”. A artista, aliás, disse que hoje é procurada por fãs para dar conselhos: “Hoje elas chegam e falam muito de casamento, da vida pessoal, do que estão passando”.

Luiza Brunet lembrou a agressão sofrida pelo ex-marido Lírio Parisotto em 2016. “Eu também passei por uma situação bem desagradável. Nunca pensei. Passei por dois casamentos e no terceiro passei por uma violência. Eu achei que tava tudo maravilhoso, tudo perfeito e de repente, você leva um tombo e precisa tomar uma atitude. Eu fiz uma denúncia contra meu ex-companheiro e se tornou público de uma forma inacreditável”, lamentou. A ex-modelo, porém, disse que nunca teve medo de falar da situação: “Eu sempre fui uma pessoa muito verdadeira. Meu livro sempre foi escancarado”.

Fonte: Purepeople - http://www.purepeople.com.br/noticia/joelma-precisou-de-ajuda-para-se-livrar-de-agressao-do-ex-nao-era-para-estar-viva_a249491/1

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco

SERTÃO PRESTIGIADO

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, OAB-PB empossa os eleitos para comandar a instituição

ÁGUA

VÍDEO: Prefeito de Santa Helena inaugura barragem na comunidade São Bento e açude já acumula água