header top bar

section content

Giovanna Ewbank faz post em suas redes sociais falando sobre o racismo: ‘Não tem como aceitar’

A morte de George Floyd nos EUA causou comoção em todo o mundo

Por SHOW DIÁRIO

01/06/2020 às 15h38

Giovanna ao lado dos filhos, Titi e Bless (Foto: Reprodução / Instagram)

A atriz e apresentadora Giovanna Ewbank usou suas redes sociais para se manifestar contra o racismo.

Giovanna se manifestou após um homem negro ter morrido violentamente em uma ação policial em Minnesota, nos Estados Unidos, e que causou indignação e comoção em todo o país. George Floyd, de 40 anos, morreu asfixiado enquanto um policial que o rendeu manteve-se ajoelhado sobre seu pescoço.

“Você está cansada? Eu também. Exausta. Assistimos diariamente a violação da vida, do respeito, da dignidade humana. Um pai de família é estrangulado à luz do dia. Um casal é arrancado de seu carro e preso sem motivos. Um menino é fuzilado dentro de casa e seu corpo sequestrado. Um repórter é algemado ao vivo. Em comum a cor da pele e a ação violenta do Estado. As câmeras registram o racismo nosso de cada dia. O estômago embrulha, a preocupação com o futuro dos filhos é inevitável e um grito de revolta fica entalado na garganta. Quando conversamos com amigos e familiares, a sensação é a mesma. Todos fartos de ver uma estrutura que tortura pessoas pobres e pretas, que silencia ideias, que persegue e intimida cidadãos. Até o dia que o copo transborda e surge uma resposta à essa violência. O povo preto toma as ruas. As torcidas baixam bandeiras e se unem pela democracia. Em todo mundo, mais e mais pessoas compreendem o momento e se juntam à luta. A história nos mostra a importância desse enfrentamento e O MOMENTO É AGORA. Cada um com as ferramentas de que dispõe e todos unidos por uma sociedade que respeite o cidadão e a vida. Somos muitos, somos diversos. Nossas vivências e nossas ideias podem ser diferentes, mas algo muito maior nos conecta. O antifascismo é o que nos une. Lutar contra a opressão, contra o autoritarismo, contra o racismo, contra a política da morte é a nossa força. Acima de tudo, a vida. A revolução começou e nada será capaz de deter. ESSA LUTA É DE TODOS NÓS!!!”, disse ela.

Confira a publicação!

Ver essa foto no Instagram

Você está cansada? Eu também. Exausta. Assistimos diariamente a violação da vida, do respeito, da dignidade humana. Um pai de família é estrangulado à luz do dia. Um casal é arrancado de seu carro e preso sem motivos. Um menino é fuzilado dentro de casa e seu corpo sequestrado. Um repórter é algemado ao vivo. Em comum a cor da pele e a ação violenta do Estado. As câmeras registram o racismo nosso de cada dia. O estômago embrulha, a preocupação com o futuro dos filhos é inevitável e um grito de revolta fica entalado na garganta. Quando conversamos com amigos e familiares, a sensação é a mesma. Todos fartos de ver uma estrutura que tortura pessoas pobres e pretas, que silencia ideias, que persegue e intimida cidadãos. Até o dia que o copo transborda e surge uma resposta à essa violência. O povo preto toma as ruas. As torcidas baixam bandeiras e se unem pela democracia. Em todo mundo, mais e mais pessoas compreendem o momento e se juntam à luta. A história nos mostra a importância desse enfrentamento e O MOMENTO É AGORA. Cada um com as ferramentas de que dispõe e todos unidos por uma sociedade que respeite o cidadão e a vida. Somos muitos, somos diversos. Nossas vivências e nossas ideias podem ser diferentes, mas algo muito maior nos conecta. O antifascismo é o que nos une. Lutar contra a opressão, contra o autoritarismo, contra o racismo, contra a política da morte é a nossa força. Acima de tudo, a vida. A revolução começou e nada será capaz de deter. ESSA LUTA É DE TODOS NÓS!!! ✊🏿✊🏾✊🏽 #vidaspretasimportam #blacklivesmatter #antiracista #racistasnãopassarão

Uma publicação compartilhada por Giovanna Ewbank (@gioewbank) em

SHOW DIÁRIO

APÓS REAÇÃO EMOCIONADA

VÍDEO: Em resposta a críticas, secretária de Saúde de Cajazeiras diz que ‘chorar é para os fortes’

CACHORRO X CACHORRO

VÍDEO: Imagens mostram cachorro sendo atacado por pitbull no Vale do Piancó; mulheres ficaram feridas

CASO EXTREMO

VÍDEO: Promotor esclarece se o Ministério Público pode exigir decreto de lockdown no Cariri cearense

NOVA SEDE

VÍDEO: Time fundado em Cajazeiras se muda para Itaporanga e ex-presidente desabafa: ‘Paraíba está vivo’

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!