header top bar

string(11) "show-diario"

section content

Dado Dolabella afirma não ter se arrependido de agredir atriz da globo quando namoravam

Sem limites: Ator mencionou a ex-namorada, que o acusou de agressão em 2008, durante discussão no Facebook

Por

12/11/2015 às 10h15

Discutir com os seguidores nas redes sociais é o novo hobby de Dado Dolabella (Foto: Ag. News)

O ator Dado Dolabella causou uma verdadeira polêmica em sua página do Facebook nessa semana. O artista, que agora é vegano, simplesmente criticou o movimento feminista, afirmando que as mulheres que comem carne vermelha não deveriam se considerar feministas, já que apoiam o sofrimento de fêmeas de outras espécies.
 
A situação, claro, gerou revolta entre os seguidores de Dado, que logo alegaram que ele queria se promover. Em resposta, o ator disparou: "me promover? Me chamo Luana Piovani?". Foi aí que os internautas questionaram o motivo dele desrespeitar sua ex-namorada. Dado, então afirmou: "por ela não tenho respeito nenhum. Zero. Fora o q ela faz comigo… Até hoje se faz de vítima numa situação inescrupulosa criada por ela. Uma mulher q se diz feminista e abusa outras fêmeas".
 
Em um outro momento do barraco com os seguidores, Dado chega a afirmar que não se arrepende de nada que aconteceu entre ele e Piovani – em 2008 ela acusou o ator de agressão, durante uma briga em uma boate. "Não houve essa agressão toda q dizem. Segundo, não me arrependo de nada q fiz. Nada eh por acaso", garantiu ele, que responde a um processo na Justiça sobre o episódio e outro por conta da ex Viviane Sarahyba, em 2012

O Dia

Tags:
HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local

EX-ALIADO

VÍDEO: Vereador revela que defender professores foi a ‘bomba’ que iniciou rompimento com José Aldemir