header top bar

string(11) "show-diario"

section content

Joelma ‘esquece’ Chimbinha e público ‘aprova’ Calypso em Brasília

O nome de Chimbinha apareceu apenas uma vez durante o show do Calypso em Brasília na madrugada desta segunda-feira (12), e não veio da boca de Joelma, nem do público.  O guitarrista foi identificado no letreiro exibido no telão durante o final de "Se quebrou", a última música do repertório.  No restante do espetáculo, a […]

Por

12/10/2015 às 13h54

A cantora Joelma ao lado do guitarrista Ian Marinho, substituto de Chimbinha na banda Calypso (Foto:

O nome de Chimbinha apareceu apenas uma vez durante o show do Calypso em Brasília na madrugada desta segunda-feira (12), e não veio da boca de Joelma, nem do público. 

O guitarrista foi identificado no letreiro exibido no telão durante o final de "Se quebrou", a última música do repertório. 

No restante do espetáculo, a cantora Joelma cantou, balançou os cabelos, trocou de figurino duas vezes e distribuiu ao público a coleção de hits que ele esperava.

Foi o primeiro show do Calypso em uma grande cidade desde o incidente do último dia 4 em Teresina, quando Chimbinha saiu do palco depois de ser vaiado, após a décima canção, "Tchau pra você".

Na apresentação desta madrugada não houve nenhum incidente. Guitarrista que substituiu Chimbinha, o pernambucano Ian Marinho atuou discretamente, permanecendo ao lado do percussionista o tempo todo.

"A lua me traiu" estava entre as músicas, assim como "Pra te esquecer", "Isso é Calypso", "Dudu", "Estou esperando por você", "Tchau pra você", "Desfaz as malas", "Vamos ficar de bem" e outras tantas canções.

GLOBO.COM

Tags:
PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”

A ARTE DO CORPO

VÍDEO: Bailarino que dá aula de dança em Cajazeiras fala da sua trajetória e de projetos para a cidade