header top bar

section content

Em crise, Globo chama funcionários correspondentes internacionais de volta ao Brasil

os profissionais atribuíram as substituições à alta do dólar, já que o pagamento aos correspondentes é feito na moeda local, mas o cálculo do salário é atrelado ao dólar

Por

29/09/2015 às 09h32

Jornalistas serão substituídos por profissionais menos conhecidos (Divulgação/TV Globo )

A Globo trará ao Brasil quatro de seus correspondentes internacionais: Renato Machado e Roberto Kovalick, de Londres, na Inglaterra, André Luiz Azevedo, de Lisboa, em Portugal, e Helter Duarte, de Nova York, nos EUA.

De acordo com o “Notícias da TV”, os jornalistas serão substituídos por profissionais menos conhecidos, que recebem 30% do salário que eles ganham.

O anúncio foi feito através de um comunicado interno de Ali Kamel, diretor-geral de Jornalismo da emissora.

A carta ainda afirmava que os retornos de Renato Machado e Roberto Kovalick ao Brasil já estavam previstos. Helter Duarte, contudo, ficaria nos Estados Unidos até o final de 2016 e só voltaria após as eleições presidenciais.

Nos bastidores do canal, os profissionais atribuíram as substituições à alta do dólar, já que o pagamento aos correspondentes é feito na moeda local, mas o cálculo do salário é atrelado ao dólar.

MSN

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras