header top bar

section content

Após polêmica, Chimbinha afirma que nunca ameaçou Joelma ou seus funcionários

Mesmo com tanta polêmica, Mauro disse que Chimbinha vai sim voltar ao palcos com abanda Calypso

Por

12/09/2015 às 10h05

Chimbinha (Foto: reprodução/internet)

Chimbinha, guitarrista da banda Calypso, negou as acusações feitas pela sua ex-mulher, Joelma. A cantora o denunciou por assédio psicológico – caso registrado na delegacia do bairro Jaderlândia, em Ananindeua, no Pará, e transferido para a Divisão Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) -, o que fez ele ser enquadrado na Lei Maria da Penha. Além disso, a ocorrência registrada por Joelma diz que ela teme por sua integridade física, já que Chimbinha teria um histórico violento e, inclusive, teria agredido fisicamente um bailarino da banda.

"Chimbinha informa que nunca ameaçou Joelma ou qualquer funcionário ligado a ela", declarou Mauro Netto, gerenciador de crise que está respondendo pelo guitarrista durante a polêmica com Joelma. Sobre a acusação de agressão contra o bailarino, Mauro acrescentou: "Não há processo. Só respondo se houver processo, só posso dizer sobre algo palpável. A informação não está apurada".

Mauro ainda criticou a advogada de Joelma, Patrícia Baía, por ter passado à imprensa informações do caso. "O guitarrista Chimbinha lamenta que a advogada Patrícia Baía, que representa Joelma, tenha desrespeitado o sigilo de Justiça do processo", disse.
'Chimbinha não quer processar Joelma. Busca reconciliação'

Após tantas acusações, Chimbinha não está pensando em revidar e processar Joelma por calúnia ou difamação. "Não existe possibilidade disso no momento. Ele busca reconciliação. Se ela não quer, tudo bem. Desde que seja preservada a banda e a imagem da banda", explicou Mauro, que garantiu que o guitarrista está tranquilo: "Quem falar o contrário está mentindo. Ele está evitando se expor"

Vale lembrar que há 20 dias Chimbinha abriu um processo – que estaria em fase de investigação – na Divisão de Investigação e Operações Especiais (DIOE) de Belém, por conta de ligações e mensagens constrangedoras que estaria recebendo em seu celular. O número do remetente estaria no nome de Cintia da Conceição Aviz, funcionária de Joelma. Apesar da história ser negada pela cantora e Cintia, que acusam Chimbinha por estelionato e de ter falsificado a identidade da funcionária e comprado os chips.

Volta de Chimbinha ao Calypso
Mesmo com tanta polêmica, Mauro disse que Chimbinha vai sim voltar ao palcos com abanda Calypso – e com Joelma – em um show no dia 18 de setembro, em Palmas, no Tocantins. "A banda é maior que os dois, é uma instituição, tem compromissos. A banda não acaba, essa história que acaba dia 31 de dezembro não existe. A marca não acaba. Com Joelma, com Chimbinha, com os dois ou sem nenhum, a banda vai continuar", declarou o gerenciador de crise. O guitarrista está afastado das apresentações por conta de uma cirurgia no olho.

Se Chimbinha e Joelma têm conversado, Mauro disse que só sobre os filhos. "Eles têm dois filhos, conversam sobre o dia a dia deles".

Ego

Tags:
NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras

SHOW AO VIVO

VÍDEO: Banda da cidade de Baixio, no Ceará, agita o programa Balanço Diário com sucessos do forró