header top bar

section content

BIG BOMBA BRASIL: BBB pode sair algemado a qualquer momento da casa

Ele disse que matou um menor de dezesseis anos no Complexo do Alemão, a Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro vai ao Projac nos próximos dias para interrogá-lo.

Por

25/01/2015 às 16h58

Luan servia o Exército, em 2010, e integrava o 8º Grupo de Artilharia.

Por conta das declarações que o carioca Luan Patrício deu no "Big Brother Brasil 15" – ele disse que matou um menor de dezesseis anos no Complexo do Alemão, a Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro vai ao Projac nos próximos dias para interrogá-lo. As informações são da coluna de Lauro Jardim, da revista Veja.

Luan servia o Exército, em 2010, e integrava o 8º Grupo de Artilharia que ocupou as favelas da região, incluindo o Complexo do Alemão, durante sua pacificação.

Jornal News

Tags:
ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco

SERTÃO PRESTIGIADO

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, OAB-PB empossa os eleitos para comandar a instituição

ÁGUA

VÍDEO: Prefeito de Santa Helena inaugura barragem na comunidade São Bento e açude já acumula água