header top bar

section content

”Meu pai não merecia algo tão tendencioso” desabafa filho de Tim Maia sobre minissérie

Leo Maia, filho de Tim Maia, fez um desabafo em sua conta no Instagram a respeito do filme que foi feito para relatar a história de vida de seu pai.

Por

05/01/2015 às 12h55

George Sauma (Roberto) e Robson Nunes (Tim) em cena do filme.

Leo Maia, filho de Tim Maia, fez um desabafo em sua conta no Instagram a respeito do filme que foi feito para relatar a história de vida de seu pai. O cantor ficou desapontado com o resultado da obra e afirmou que muitas cenas do longa são condiziam com a realidade.

“Vi o filme do meu pai… Nossa, ruim… Contei 18 coisas que não fazem parte com a realidade. O cúmulo é minha avó branca e meu avô negão. Pena ver meu pai tão mal interpretado… Ele é muito mais que tudo isso. Ele era um cara muito engraçado, alto astral, cheio de vida… Um gênio! Vou fazer um documentário falando a real, com as pessoas que fizeram parte da vida dele… A irmã confidente que era a mãe do Ed [Motta]”, escreveu.

Leo encerrou seu desabafo dizendo que o filme nada mais é do que um produto tendencioso. “Enfim… Meu pai não merecia algo tão tendencioso.”
A minissérie que a Globo exibiu nos últimos dias 1º e 2, a partir do filme de Tim Maia – lançado em 2014 – omitiu alguns fatos que estavam no longa original, exibido nos cinemas.

Vilão no filme, Roberto Carlos virou herói na produção editada pela emissora carioca. Isso porque, o Rei, no auge da juventude e já famoso, esnobava Tim, que ainda estava no início de carreira. Na minissérie, entretanto, Roberto Carlos é apresentado como o artista que lançou Tim Maia.

Uma sequência do filme que mostra claramente que houve uma alteração é a de quando Roberto despreza e humilha Tim entregando-lhe botas usadas e dinheiro amassado.
Na minissérie, contudo, a cena foi trocada por depoimentos de Nelson Motta, autor da biografia que originou o longa, e do próprio cantor.

Na versão exibida pela Globo, Motta contradiz seu próprio livro e afirma que Roberto fez o que podia para ajudar Tim. Já Roberto conta que indicou o futuro soulman brasileiro a uma gravadora.

MSN

Tags:
VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco

SERTÃO PRESTIGIADO

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, OAB-PB empossa os eleitos para comandar a instituição

ÁGUA

VÍDEO: Prefeito de Santa Helena inaugura barragem na comunidade São Bento e açude já acumula água

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

Ele vem aí! Sousa Esporte Clube apresenta novo time e garante lutar com raça pelo título do Paraibano