header top bar

section content

Cantor Giovani revela motivo que levou ao fim da dupla com Gian: “Ele me agrediu”

O sertanejo usou seu Instagram para desabafar, após receber reclamações e lamentos dos fãs

Por

14/10/2014 às 07h31

Na manhã de ontem (13), Giovani, que faz dupla com Gian, surpreendeu os fãs ao revelar que o motivo do término da parceria musical seria uma agressão que sofreu do irmão, em julho deste ano.

O sertanejo usou seu Instagram para desabafar, após receber reclamações e lamentos dos fãs, inconformados com a separação dos artistas.

"O fim da dupla se deu porque o Gian, em julho, entrou no ônibus louco, me empurrou, me deu três socos na garganta, me jogou no chão, me deu muito chute nas partes baixas, muito soco na barriga. A banda toda viu. Todos ficaram revoltados. Eu cansei. Quero viver em paz e feliz. Ver ser melhor assim", começou o artista.

E destacou: “Ele me agrediu porque não queria me pagar um dinheiro que precisava me pagar”.

Por fim, Giovani completou: "Eu até perdoaria a dívida, era só ele ter conversado comigo que não tinha condições de pagar que estaria tudo bem. Fui muito bom para ele toda a minha vida. Ele não está doente, não. Ele está muito bem. Essa decisão tomei em julho”.

Depois, o cantor parece ter se arrependido e apagou a mensagem de sua rede social.

Gian

Recentemente, Gian sofreu um AVC e chegou a ficar internado na UTI. Após boatos de que teria se abalado devido a comentários de Zezé Di Camargo sobre seu relacionamento com Tati Moretto, o cantor descartou a possibilidade e garantiu que o episódio se deu devido ao estresse.

"O Zezé é amigo meu e sou fã da dupla há muito tempo. Eu admiro muito a carreira dos dois e não dá para falar que o comentário que causou o AVC. É o acumulo de estresse. Isso, sim", disse em recente entrevista ao “Domingo Show”, da Record.

MSN

Tags:

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras alerta que “pobreza se avoluma cada vez nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’