header top bar

section content

SBT terá que responder na Justiça por comentários de paraibana Rachel Sheherazade

Por causa dos comentários polêmicos, Rachel Sheherazade foi vetada de emitir opiniões no "SBT Brasil" até o fim das eleições

Por

29/09/2014 às 08h10

Os comentários feitos por Rachel Sheherazade em fevereiro deste ano no "SBT Brasil" sobre as pessoas que amarraram um assaltante de 15 anos a um poste no Rio renderam uma processo ao SBT. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal "Folha de S. Paulo", o Ministério Público Federal iniciou uma ação civil pública pedindo a retratação do comentário feito pela jornalista.

Na ocasião, Rachel Sheherazade disse que é compreensível a atitude dos rapazes que prenderam o jovem nu ao poste devido aos altos índices de violência que assolam o país. Caso a jornalista não cumpra a ação do MPF, se a decisão for favorável, a emissora terá que pagar multa de R$ 500 mil por dia.

Para o procurador Pedro Antonio de Oliveira Machado, Rachel Sheherazade defendeu a tortura, estimulou a ação de justiceiros e violou o princípio da dignidade humana. Ele pede que o SBT seja condenado a pagar indenização de R$ 532 mil por dano moral coletivo e cobra que o governo federal fiscalize mais as TVs, que detêm concessões públicas.

Procurado pela colunista, o SBT afirma, em nota, que ainda não recebeu nenhuma notificação da Justiça. Sobre a suposta violação dos direitos da criança e do adolescente, o comunicado afirma que "o Poder Judiciário arquivou o procedimento de verificação instaurado pelo Ministério Público de São Paulo".

Em março deste ano, Jandira Feghali (PCdoB/RJ) protocolou uma representação junto ao MPF contra Rachel Sheherazade. "Não se pode confundir liberdade de expressão com incitação ao crime. A gente luta pela liberdade de expressão há décadas! A jornalista fez clara menção contra os direitos humanos, propagando uma mensagem de ódio e intolerância, incitando-os na sociedade. E isso tudo com recursos públicos", disse Jandira, em nota, ao Purepeople.

Por causa dos comentários polêmicos, Rachel Sheherazade foi vetada de emitir opiniões no "SBT Brasil" até o fim das eleições. De acordo com o colunista de TV Daniel Castro, a jornalista terá espaço para comentar livremente as notícias no fim de outubro.

Purepeople

Tags:

Recomendado para você pelo google

MUITA HISTÓRIA

VÍDEO: Idosa da cidade de Patos completa 107 anos com lucidez e bom humor; conheça sua história de vida

ROTINA

VÍDEO: Homem é preso na cidade de Cajazeiras após furtar celulares de loja em dois dias seguidos

NÃO QUIS ESPERAR

VÍDEO: Vereador de Itaporanga rompe com deputado estadual e anuncia que será candidato a prefeito

NOVO DECRETO

VÍDEO: Exonerações, cortes e proibições na prefeitura de Cajazeiras é para garantir 13º, diz secretário