header top bar

section content

Cantora Anitta diz que produtora desviou mais de R$ 2,5 milhões de seu patrimônio

Justiça nomeia perito para saber se produtora de Anitta desviou R$ 2,5 mi

Por

04/09/2014 às 08h45

A juíza Cintia Souto Machado de Andrade, da 7ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, nomeou um perito para avaliar as planilhas de prestação de contas que, segundo a cantora Anitta, comprovam que a K2L, empresa que administrou sua carreira nos últimos dois anos, desviou cerca de R$  2,5 milhões de seu patrimônio.

O laudo pericial, que deve ser apresentado dentro de 30 dias, servirá de base para a decisão da Justiça. No processo, Anitta também pede a expedição de uma medida cautelar para impedir que a produtora continue a representando.

Segundo os advogados da cantora, a Justiça atendeu à solicitação de Anitta e irá publicar nos próximos dias, no Diário Oficial da Justiça do Rio, o fim do contrato dela com a empresa. O processo corre em paralelo na 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca. Enquanto isso, Anitta permanece ligada à produtora, que determina uma multa de 7 milhões de reais em caso de rompimento.

Anitta acusa a KL2 de ter desviado cerca de R$ 2,5 milhões de seu patrimônio, emitindo, desde 2012, 21 planilhas que nunca foram assinadas por seus contadores. Notificada extrajudicialmente na última quinta-feira, a K2L nega os desvios, afirmando que "todas as prestações de contas foram devidamente apresentadas e aprovadas pela artista".

Na semana passada, Anitta divulgou a criação da Rodamoinho Produções Artísticas, que passará a ser sua administradora oficial. Segundo a K2L, ela ainda possui compromissos com a empresa.

Sócia da K2L, a produtora Kamilla Fialha é considerada uma das mentoras de Anitta, principal nome do pop feminino brasileiro na atualidade. Kamilla teria sido uma das responsáveis pela transformação que incluiu implante de silicone, plástica no nariz e aulas de teatro, canto e dança.

Entre os aristas empresariados pela K2L estão o cantor Naldo e os MCs Sapão, Marcinho, Marcio G, Marcinho e Tathi Kiss.

Em julho, Anitta se envolveu em outro processo judicial, quando foi acusada de plágio pela funkeira MC Bruninha na música "Show das Poderosas".

Uol

Tags:

Recomendado para você pelo google

RELAÇÃO COM EMPRESÁRIOS

VÍDEO: Prefeito de Cajazeiras não descarta fazer uma reforma tributária e manda recado para ‘algozes’

SERVIÇO MILITAR

VÍDEO: Quase 100 novos atiradores são incorporados ao Tiro de Guerra de Cajazeiras durante solenidade

TRIMESTRE CHUVOSO

VÍDEO: Açude Grande de Cajazeiras sangra pela primeira vez em 2019 e traz esperança para a população

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras