header top bar

section content

Fumar maconha pode ser bom para o relacionamento, diz estudo

Os pesquisadores perceberam que os casais maconheiros, que fumavam até três vezes por semana, eram os que menos brigavam, com menos relatos de violência doméstica.

Por

29/08/2014 às 08h10

Um grupo de pesquisadores americanos acompanhou a vida de 634 casais durante os primeiros noves anos de casamento. Eles queriam saberse algum deles fumava maconha (e, em caso de resposta positiva, com que frequência) e quantas brigas sérias costumavam ter.

Os pesquisadores perceberam que os casais maconheiros, que fumavam até três vezes por semana, eram os que menos brigavam, com menos relatos de violência doméstica. Na verdade, quanto mais maconha o casal fumava junto, menores eram as chances de terem alguma discussão mais séria e violenta.

A explicação segue a mesma lógica de outra história: aquela de que casais que bebem juntos se entendem melhor – aliás, os dois estudos foram feitos pelo mesmo pesquisador: Kenneth Leonard. Em ambos os casos, casais que compartilham os mesmos interesses costumam ter valores parecidos e fazer parte do mesmo círculo social. E, por isso, brigam menos.

Superinteressante

Tags:

Recomendado para você pelo google

VISITA DO PRESIDENTE

VÍDEO: Prefeito de Campina Grande solicita a Bolsonaro duplicação da BR-230 de Campina ao sertão da PB

DESTAQUE NACIONAL

VÍDEO: Juizado Especial Misto de Cajazeiras atinge um dos melhores índices de atendimento do Brasil

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: ortodontista sousense revela as orientações para manter a saúde bucal das crianças em dia

MÚSICA E ORAÇÃO

VÍDEO: 5º Show Pela Paz em Cajazeiras bate recorde de público com show do artista católico Thiago Brado