header top bar

string(11) "show-diario"

section content

"Meu biotipo é de boazuda, mas luto contra". Opinião da atriz Flávia Alessandra

As baterias de Flávia Alessandra estão carregadíssimas. Nas últimas três semanas, ela passou a gravar mais por causa da volta da Naomi de carne e osso em Morde & Assopra. Se já está puxada agora, a rotina pode ficar ainda pior quando o autor da novela das sete, Walcyr Carrasco, resolver religar nos próximos capítulos […]

Por

15/05/2011 às 16h41

As baterias de Flávia Alessandra estão carregadíssimas. Nas últimas três semanas, ela passou a gravar mais por causa da volta da Naomi de carne e osso em Morde & Assopra. Se já está puxada agora, a rotina pode ficar ainda pior quando o autor da novela das sete, Walcyr Carrasco, resolver religar nos próximos capítulos a androide, também interpretada pela atriz. Mas engana-se quem pensa que Flávia, 36 anos, tem se queixado de trabalhar como uma máquina – às vezes, entra no estúdio às 8h e só sai à meia-noite. Na verdade, ela garante que nunca se sentiu tão… humana!

"Estou num momento muito bacana da minha vida. Acho que a maternidade rejuvenesce a pessoa, me sinto cheia de gás para fazer as coisas. Estou muito feliz", declarou a mãe de Olívia, 7 meses, sua primeira filha com o ator Otaviano Costa, e Giulia, 11 anos, do seu casamento com o diretor Marcos Paulo.

Apesar de trabalhar na mesma novela com Otaviano, que vive o Élcio/Elaine, Flávia quase não o vê no set. O casal tem horários diferentes. Dia desses, no entanto, os dois se encontraram no estúdio e puderam até fazer um lanche juntos, já que não tem sobrado tempo para almoço ou jantar romântico.

"Ele estava se montando no set, vestindo a roupa da personagem", entregou a atriz, acrescentando que hoje o marido dá ainda mais valor ao sacrifício de uma mulher para ficar bonita. "Otaviano já sabia como era, mas agora sente na pele. Ele ainda demora para tirar o esmalte da unha, ainda chega em casa com resto de maquiagem nos olhos. Mas acho que está se virando muito bem", completou.

A cumplicidade com o marido aumentou após a chegada de Olívia. A atriz é só elogios a Otaviano – com quem está casada há cinco anos – no papel de pai. "Ele é muito babão, um paizão mesmo. Mas já tinha esse jeito com a Giulia. É muito presente, preocupado com a educação", disse ela.

A pequena Olívia parou de mamar há um mês, mas ainda requer cuidados de Flávia, que se desdobra para conciliar as obrigações de mãe e o trabalho. "Ela é quem me largou, já estava chupetando nos seios, mamava e ficava olhando para os lados, queria ver tudo", contou a atriz, que passou a dar mamadeira à filha por recomendação do pediatra. "Fiquei mais sentida do que a Olívia, porque acho importantíssimo a amamentação", valorizou.

Mãe outra vez
Encantada com a maternidade, Flávia deseja ter outro filho, mas não agora. Esse é um projeto para daqui a três ou quatro anos, quem sabe. "Tenho vontade de ter outro filho, sim. Seria bacana ver minhas filhas acompanharem o crescimento de um irmãozinho, seja outra menina ou um menino".

Nos bastidores da novela das sete, a atriz troca figurinhas e corujices com Mateus Solano, seu par romântico na trama e intérprete do cientista Ícaro. O ator é pai de Flora, também de sete meses, sua primeira filha com a atriz Paula Braun. "É uma delícia contracenar com ele. É um grande ator. A gente mostra fotos das nossas filhas, que têm diferença de 15 dias de nascimento. Conversamos muito sobre elas", disse.

Sete meses após ter dado à luz, Flávia Alessandra conta que voltou ao peso que tinha quando engravidou: 57 kg. Para recuperar a forma, fez uma dieta sem carboidratos e adotou uma rotina de malhação. Mas tudo sem pressa e sem paranoia, garante: "não tenho tendência para emagrecer. Dez anos depois da primeira gravidez, o organismo tem uma resposta mais lenta. Queria voltar à forma antiga, mas não tinha essa noia. Tudo foi feito de forma equilibrada, até porque não podia atrapalhar a amamentação".

A atriz costuma fazer musculação três vezes por semana com um personal na academia do condomínio onde mora, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Além disso, faz um circuito aeróbico e trabalho de corpo com Marcia Rubin. Mas, por conta do aumento das gravações, ela não tem se exercitado com a disciplina que gostaria nas últimas semanas.

"Tenho levado o texto para decorar enquanto faço a esteira. Outro dia, fiquei mais de uma hora", contou. Após emagrecer quatro quilos, Flávia afirma estar satisfeita com seu corpo, sentindo-se mais bonita. "Meu biotipo é de boazuda. Mas luto contra isso há tempos. Acho bonito a mulher mais magrinha e esguia", decretou.

A robô Naomi vai voltar
A volta da Naomi humana já estava prevista na sinopse de Morde & Assopra, mas foi antecipada para alavancar a audiência da novela, que agora tem atingido médias de 29 pontos. "Quando o Walcyr (Carrasco) me ligou, avisando que ela ia voltar e a androide seria desligada, fiquei surpresa. Foi bom para todos porque deu uma mexida na história. Ele sentiu que a trama da Naomi robô já tinha sido contada e não havia mais para onde ir", contou Flávia Alessandra, que estreou na TV em 1989, na novela Top Model.

A androide e o robô Zariguim vão reaparecer nos próximos capítulos. Para a atriz, será trabalho dobrado quando as duas Naomis ficarem frente a frente. Mas ela não teme críticas. "A gente tem que saber lidar com essas mudanças. Novela é muito diferente de livro, é obra aberta. Gosto da robô. Deve ter gente que não gosta. Mas sou movida a desafios", disse.

TERRA

Tags:
ASSISTA

VÍDEO: ‘Mensagem de Esperança’ debate o mundo e o mal, sexo e outros temas

PARTICIPE!

VÍDEO: Gerente do Sebrae fala de revolução tecnológica em feira de Cajazeiras e convida empreendedores

PLANOS E METAS

VÍDEO: Cantor explica como pretende administrar o Atlético e declara que o problema do clube é político

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Após vistoria técnica, representantes da CBF elogiam o estádio Perpetão: “É um dos melhores”