header top bar

section content

Presidente aponta erros do Sousa após goleada e pede “mais inteligência”

Presidente do Dinossauro diz que o Sousa fez três gols no jogo de ida, e tentou fazer mais três na volta, de forma afobada, sem trabalhar de forma prudente

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

26/04/2016 às 13h20

Aldeone Abrantes, presidente do Sousa Esporte Clube (Foto: DS)

O presidente do Sousa, Aldeone Abrantes em entrevista nesta terça-feira (26) sobre suas expectativas para as semifinais do Campeonato Paraibano, quando voltará a enfrentar o Botafogo-PB. E no reencontro com o Belo, o sousense pediu mais inteligência ao seu time nas duas partidas que podem colocar o Dinossauro na decisão do estadual.
Segundo Aldeone, a equipe não soube administrar a vantagem construída em casa na fase anterior e jogou de forma muito ofensiva em João Pessoa, diante de um adversário qualificado e perigoso. O resultado acabou sendo desastroso. 5 a 0 para o Bota contra o Sousa.

Agora, na semifinal, o presidente do Dinossauro quer um time mais equilibrado e de preferência com mais um vitória no Estádio Marizão.

– É preciso ter mais inteligência, pois fizemos três gols em Sousa e depois queríamos fazer mais três em João Pessoa, quando o mais prudente era segurar a vantagem construída em casa. Vamos trabalhar forte e tentar mais uma vitória no Marizão – avaliou Aldeone Abrantes.

Mas pelo menos de acordo com os números da atual temporada, a missão do Sousa vai ser complicada. Isto porque o Dinossauro já enfrentou o Belo em quatro oportunidades em 2016, acumulando uma vitória e três derrotas. Foram quatro gols marcados, contra nove sofridos.

Críticas à árbitragem
O presidente do Sousa fez ainda duras críticas contra a atuação do árbitro João Bosco Sátiro, na partida do último domingo contra o Belo.

Aldeone disse, inclusive, que pretende enviar um documento à Federação Paraibana de Futebol pedindo que o árbitro não apite mais jogos do time no estadual. O mandatário sousense chegou a afirmar que se João Bosco for escalado novamente, o time sertanejo sequer entrará em campo.

– Confesso que não entendo os critérios da FPF para escolher os árbitros que entram na escala de jogos importantes do estadual. Se João Bosco for escalado para apitar novamente numa partida nossa, prefiro perder por W.O. – declarou.

DIÁRIO DO SERTÃO com GE

DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”