header top bar

section content

Neymar dispensa rótulo de heróis para trio MSN: “Apenas somos felizes”

Astro posta foto de comemoração na Copa do Rei e exalta amizade com Messi e Suárez

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

23/05/2016 às 12h57

Neymar posta foto ao lado de Messi e Suárez

Apesar da eliminação nas quartas de final da Liga dos Campeões, o Barcelona encerrou a temporada em clima de festa, com a conquista da Copa do Rei diante do Sevilla, no último domingo. Enquanto Suárez deixou o campo lesionado, Messi deu duas assistências, e Neymar marcou o último gol da vitória por 2 a 0 na prorrogação – levando a imprensa catalã a chamar o trio MSN de “heróis”, exaltando mais um “doblete” do clube. O brasileiro, porém, rejeitou o rótulo.

– Heróis? Não! Apenas somos felizes de jogar futebol e desfrutar de toda amizade que encontramos! – escreveu Neymar em seu Instagram, postando uma foto da comemoração do título no gramado do Vicente Calderón.

Assim como na temporada passada, quando marcou na final da Liga dos Campeões, Neymar foi quem selou a conquista da Copa do Rei para o Barcelona, marcando o último gol do time em 2015/16. Ao todo, o camisa 11 balançou as redes 31 vezes em 49 partidas – números piores do que em 2014/15, quando fez 48 gols em 62 jogos.

Agora, Neymar aproveitará as férias e acompanhará de longe o desempenho da seleção brasileira na Copa América Centenário, no mês que vem. O atacante ficou fora da convocação do técnico Dunga por um acordo com o Barcelona, que aceitou liberá-lo para a disputa das Olimpíadas, em agosto, quando a temporada europeia já terá começado.

GE

SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa