header top bar

section content

Tumulto e manifestação interrompe passagem da tocha olímpica; manifestantes roubam e apagam chama da tocha

Vídeo publicado na rede social mostra as pessoas envolvidas no revezamento sendo escoltadas e vaiadas por manifestantes

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

28/07/2016 às 13h19

O revezamento da tocha olímpica em Angra dos Reis, no sul fluminense, na noite desta quarta-feira foi interrompido por protestos de moradores no bairro de Japuíba e no centro da cidade. A passagem da tocha foi, inicialmente, interrompida em Japuíba e, depois, retomada no centro da cidade, onde uma nova manifestação encerrou de vez o roteiro.

Uma festa no centro da cidade também foi cancelada. Um vídeo publicado na rede social mostra as pessoas envolvidas no revezamento sendo escoltadas pela Força Nacional de Segurança para um ônibus, enquanto são vaiadas por manifestantes. Policiais militares usaram bombas de efeito moral para conter o protesto.

Uma moradora que filmou a passagem da tocha pela Praia do Anil relatou que os manifestantes foram reprimidos pela Polícia Militar (PM). Segundo relatos na rede social Facebook houve feridos no confronto.

A tocha chegou nesta quarta-feira ao estado do Rio e, antes de chegar a Angra, passou por Paraty. Hoje, a tocha deve passar por Ilha Grande (ainda em Angra dos Reis), Rio Claro, Resende, Barra Mansa e Volta Redonda.

O símbolo olímpico passará por mais 34 municípios fluminenses, além desses, antes de chegar, no dia 4 de agosto, à cidade do Rio de Janeiro. Os Jogos Olímpicos começam oficialmente no dia seguinte.

Agência Brasil

Recomendado para você pelo google

SONHO REALIZADO

VÍDEO/FOTOS: Prefeitura de Cajazeiras realiza sorteio de 300 apartamentos e evento é marcado pela emoção

MUITA ÁGUA!

A MAIOR DA HISTÓRIA: ruas e avenidas em Sousa viram rios após fortes chuvas durante a madrugada. Veja!

SERTÃO EM DESTAQUE

VÍDEO: Com cajazeirense na vice-presidência, Paulo Maia toma posse para comandar OAB Paraíba até 2021

MODELOS DE SUCESSO

VÍDEO: Empresários do Pará interessados em implantar TV A CABO visitam Netline e TV Diário do Sertão