header top bar

section content

Saiba quem são as pessoas da região de Cajazeiras que trabalham nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos

Um voluntário e dois policiais militares foram selecionados para atuar durante os jogos; militares estão atuando na Força Nacional de Segurança Pública

Por Jocivan Pinheiro

14/08/2016 às 13h34 • atualizado em 14/08/2016 às 13h35

Voluntário Júnior Ferreira que atua nas dependências do Maracanã e Maracanãzinho

Voluntário Júnior Ferreira que atua nas dependências do Maracanã e Maracanãzinho

Um voluntário e dois policiais militares de São José de Piranhas que foram selecionados para atuar durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 estão trabalhando no Rio de Janeiro.

O voluntário Júnior Ferreira está trabalhando nas dependências do Maracanã e Maracanãzinho, onde atua durante os jogos. Ele foi o único Piranhense chamado nas Olimpíadas em meio a 50 mil pessoas.

Ele disse que esse é mais um sonho realizado. “Estou muito feliz e realizado”, disse ele ao portal Radar Sertanejo. Júnior também está aproveitando para conhecer a Arena Olímpica e todo o Rio de Janeiro.

Sargento Túlio César atuando na Força Nacional de Segurança Pública

Sargento Túlio César atuando na Força Nacional de Segurança Pública

Os militares, 3º sargento Túlio César Evangelista Tavares, e o também sargento Ronivon Ferreira Dias, estão atuando na Força Nacional de Segurança Pública. Eles fazem parte do efetivo da Paraíba que disponibilizou mais de 100 policiais militares.

Eles foram capacitados com modernos procedimentos técnicos e táticos na área policial, voltados para um único padrão de atuação que é adotado na segurança dos jogos Olímpicos.

Sargento Ronivon Ferreira Dias atuando na Força Nacional de Segurança

Sargento Ronivon Ferreira Dias atuando na Força Nacional de Segurança

.

DIÁRIO DO SERTÃO com Radar Sertanejo

DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador