header top bar

section content

Goleiro Danilo, da Chapecoense, ganha homenagem de Rogério Ceni e do São Paulo

O goleiro Danilo, uma das 71 vítimas da tragédia com o voo da Chapecoense, foi homenageado pelo técnico Rogério Ceni e pelo São Paulo

Por Ana Maria

08/02/2017 às 20h30 • atualizado em 08/02/2017 às 14h08

Família do goleiro Danilo, da Chape, foi presenteada com camisa do SP (Foto: Reprodução / Instagram)

O goleiro Danilo, uma das 71 vítimas da tragédia com o voo da Chapecoense, foi homenageado pelo técnico Rogério Ceni e pelo São Paulo. O Tricolor paulista enviou uma camisa autografada à família do arqueiro. A conta oficial do ex-camisa 1 do Leão Catarinense compartilhou uma imagem do presente recebido pelo Instagram, nesta quarta-feira.

“Obrigado São Paulo. Rogério Ceni, obrigado por nos trazer essa alegria, que era o sonho do nosso Danilo. Deus abençoe muito vocês”, escreveu o perfil, que é alimentado pela viúva de Danilo, Letícia Padilha.

Danilo tinha 31 anos e estava na Chapecoense desde 2013. O jogador se tornou destaque da equipe catarinense durante a Copa Sul-Americana de 2016, quando defendeu quatro pênaltis contra o Independiente, da Argentina, pelas oitavas de final da competição. Na semifinal, contra o San Lorenzo, fez uma incrível defesa no último minuto do jogo de volta, com o pé direito, classificando sua equipe para a final do torneio.

O goleiro estava no voo da LaMia, que levava os jogadores da Chapecoense para a Colômbia para o jogo de ida contra o Atlético Nacional pela grande decisão. Mas o avião com 77 pessoas a bordo caiu no dia 29 de novembro, em Río Negro, próximo a Medelín. Na tragédia, 71 morreram, incluindo 19 jogadores da Chapecoense. Dos seis sobreviventes, quatro são brasileiros, três deles jogadores – o lateral Alan Ruschel, o goleiro Jackson Follmann e o zagueiro Neto – e um jornalista, o catarinense Rafael Henzel. Os outros dois são a comissária Ximena Suárez e o técnico de avião Erwin Tumiri.

De acordo com investigações, o avião da companhia boliviana LaMia estava sem combustível no momento do impacto.

EXTRA

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo