header top bar

section content

Jacaré pede chance para lutar pelo título no UFC e exalta Anderson: “Tem que ser irreverente”

Brasileiro destaca a "ginga de capoeira" de Spider na vitória contra Derek Brunson, no UFC 208, e afirma que pretende rever o combate do amigo como forma de aprendizado

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

13/02/2017 às 08h06

Ronaldo Jacaré segue incansável na busca por uma chance de disputar o cinturão (Foto: Divulgação)

O discurso de Ronaldo Jacaré continua o mesmo: ele quer disputar o cinturão peso-médio do UFC. Na coletiva de imprensa depois do UFC 208, sábado, no Brooklyn, em Nova York, o brasileiro – que venceu Tim Boetsch por finalização – reforçou o pedido para receber uma chance de brigar pelo título, atualmente sob posse de Michael Bisping.

Jacaré voltou a acusar os oponentes de fugirem dele e declarou que, caso demore a receber a oportunidade de disputar o cinturão, prefere se manter ativo a esperar.

– Eu quero lutar com o campeão, mas se for para esperar muito tempo eu prefiro fazer mais uma luta, porque não nasci para esperar os outros, eu nasci para ser campeão. O Romero com certeza seria uma opção, é uma luta que eu quero. Eu nunca perdi uma revanche, com o Romero não será diferente.

Eu vou prova que não perdi aquela luta para ele mas para os juízes. O Luke (Rockhold) fala que tem uma lesão no joelho, ele não sabe nem o que é lesão. Ele está amarelando, e eu tenho que lutar. O que venho reparando é que os atletas que ficam muito tempo sem lutar, não voltam bem.

Integrante da antepenúltima luta desta edição, Ronaldo Jacaré não conseguiu acompanhar do início ao fim a vitória de Anderson Silva contra Derek Brunson, no duelo seguinte ao seu. O atleta da X-Gym, no entanto, afirma que Spider em vários momentos pareceu o atleta insinuante que reinou durante anos no topo do peso-médio e exaltou a irreverência do compatriota.

– Não vi a luta completa, mas Vi alguns movimentos que ele fez ali que foram bastante impressionantes, capoeira, ele tem que ser irreverente sim. Para mim ele foi o melhor artista marcial de todos os tempos, mas depois quero parar para ver as lutas do Anderson Silva novamente. Ele é o cara.

Sportv

DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”