header top bar

section content

Zico diz que Neymar pode ser “capitão perfeito” para a Seleção no futuro

Prestes a receber homenagem do Udinese, ex-jogador afirma que atual astro do Brasil ainda é novo para a função que ocupou na Olimpíada e põe fé em Gabigol na Itália

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

14/02/2017 às 08h46

Zico acredita que Neymar possa ser capitão do Brasil no futuro (Foto: Cléber Mendes)

O mau começo da seleção olímpica no torneio de futebol dos Jogos do Rio gerou diversas críticas ao time, que viria a conquistar a inédita medalha de ouro. Entre as reclamações de torcedores e especialistas, Zico apontou que Neymar “não tinha a menor condição” de ser capitão da equipe nacional, posto que ocupou nas Olimpíadas. Porém, o ex-camisa 10 do Brasil e do Flamengo explicou melhor seu pensamento, alegando que o jogador do Barcelona pode ser um líder em campo no futuro.

– Eu quero esclarecer que não é uma crítica para confrontar Neymar. Digo apenas que um jovem como ele não deve ter a responsabilidade de comando, que é mais adequada a alguém mais velho. Porque ele deve apenas pensar no placar. Então, em três ou quatro anos, quando terá a cabeça mais livre, será um capitão perfeito – disse Zico em entrevista à “Gazzetta dello Sport”.

Em Nápoles para trabalhar como comentarista no duelo entre Napoli e Real Madrid, pela Liga dos Campeões, o Galinho irá a Udine nos próximos dias para receber uma homenagem do Udinese – onde atuou por duas temporadas, logo depois de deixar o Flamengo, no começo da década de 1980.

– Eu sinto uma grande emoção, porque mesmo tendo sido apenas duas temporadas, de 1983 a 1985, Udine e os torcedores estão no meu coração. Nunca deixou de agradecer aos amigos do clube, que sempre exibem uma bandeira com o meu nome – afirmou.

Zico também comentou o desempenho de um dos representantes brasileiros no futebol italiano atualmente: Gabigol. O ex-santista segue buscando espaço no Inter de Milão, após ser contratado sob muita expectativa diante das exibições com a camisa da seleção olímpica. O Galinhou apostou no sucesso do brasileiro.

– Eu o conheço bem. Ele é um grande jogador. Provavelmente, ele tinha alguma dificuldade para se ajustar em um campeonato difícil como italiano. Não é tão rápido como Gabriel Jesus, mas sempre marcou gols, no Santos e na seleção olímpica. Faz muitos gols. Estou convencido, portanto, que será bem sucedido na Itália. Por isso, é bom para o Inter que espere por ele, sem colocar muita pressão.

Questionado sobre o que pretende fazer no futuro, após comandar o Goa FC em mais uma temporada da Superliga da Índia, Zico deixou claro que busca tranquilidade neste momento.

– Eu parei de treinar na Índia. Agora vou me dedicar aos netos e à minha escola de futebol no Rio. Eu sou comentarista de TV, mas se alguém me oferecer um banco de reservas.

GE

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

“Sou liderança forte, mas estou abandonado”, declarou Gobira ao vivo sobre grupo de Carlos Antonio

VÍDEO!

Padre cajazeirense responde a cantor gospel que atacou Nossa Senhora: “Nossos pêsames a esse cantor”

SAIBA

É OU NÃO É FERIADO? Em entrevista, prefeito de Cajazeiras decide sobre o Dia de São Pedro

PROGRAMA XEQUE MATE

Em Cajazeiras, pai de Gabriel Diniz se emociona e fala com exclusividade sobre a morte do cantor